ITAMAR PERENHA, analisando a verdade contada para a população de que tudo está indo a mil maravilhas e a verdade dos canteiros de obras, avalia que Cuiabá pode passar vergonha e perder a Copa

Itamar Perenha, jornalista, é editor do site Turma do Epa

Secopa ou se foi a Copa: Incompetência ou descaso
por Itamar Perenha

Cuiabá nunca recebeu tantos investimentos estaduais e federais como neste período que precede a Copa de 2014. Fato incontestável, que ao sair para qualquer lugar de nossa cidade, nos deparamos com grandes placas e obras que se referem à Copa.

Mas da mesma forma que nos orgulha a quantidade de obras e das grandes melhorias que nossa cidade está recebendo, por outro lado, nos trazem muitas preocupações quanto à finalização destas obras nos prazos estipulados pela FIFA.

Percebemos que há uma verdade contada para a população que tudo está indo a mil maravilhas, mas há também a verdade dos canteiros de obras, que demonstram que, se não houver um esforço “enorme” dos gestores e dos executores destas obras, Cuiabá não só poderá perder a Copa, mas também será alvo de severas críticas de todo o País. Estaremos sinalizando para todo o mundo, a incompetência de nossos gestores, de realizar tudo aquilo que foi prometido.

Não estamos vendo por parte dos nossos gestores os enfrentamentos que são e serão necessários para se chegar ao final destas obras. Para citar um dos exemplos, podemos falar da transposição da Av. João Gomes Sobrinho com a Av. Miguel Sutil, onde, para finalizar a trincheira sabemos que, inevitavelmente, várias adutoras serão remanejadas o que implicará no corte do suprimento de água por alguns dias. Ora, setem que ser feito e urgente e porque não se enfrenta desde agora esta situação?

E ao se falar de engajamento, precisamos chamar para esta discussão todos os entes envolvidos, como é o caso da Prefeitura de Cuiabá, que continua omissa com estas obras, dificultando enormemente várias delas. Para não só falar, mas citar exemplo, sabemos que a CAB tem prejudicado muitas estas obras, não dando satisfação a ninguém, afirmando inclusive que, “não é prioridade para ela a execução destas obras”. Ora, ora, onde está o senhor Mauro Mendes que disse que iria vir pessoalmente discutir e ajudar na conclusão destas obras?

Temos certeza que a nossa população está fazendo sua parte, entendendo como cidadã, que os muitos problemas de trânsito, são decorrência de obras para se ter uma cidade que poderá melhorar e muito a sua mobilidade urbana, mas ser falseada por informações que não condizem com a realidade, é perder a oportunidade de todos se engajarem nesta grande empreitada, ou seja, realizar as obras e a Copa com o brilhantismo costumeiro do cuiabano.

O Senhor Governador Silval e o prefeito Mauro Mendes, precisam, urgentemente, assumirem os desafios que batem às portas de todos e deles em especial pelo múnus dos cargos que desempenham e enfrentarem com “responsabilidade” este momento.

Chega de posar para lentes e câmeras de TV.

Como se diz, popularmente, “é hora de pegar no cabo do guatambu”.

Itamar Perenha é Jornalista, editor do saite “Turma do Epa”

Categorias:Cidadania

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

18 + 10 =