PREFEITURA SANEAMENTO

RELAÇÕES PERIGOSAS: Isso é Notícia estréia sua edição imprensa revelando que juíza do Trabalho Carla Reita Faria Leal, para quem o empresário-prefeito Mauro Mendes repassou um apartamento na Praça Popular, já participou de julgamento da empresa Bimetal, indústria metalúrgica controlada por Mauro Mendes

Isso É Noticia – Primeira edição do jornal impresso by Enock Cavalcanti

 

 

Isso é Notícia estreia versão impressa que será distribuída mensalmente

Diretor de jornalismo, Alexandre Aprá afirmou que objetivo é levar informação às pessoas que não tem costume de acessar a internet

DOUGLAS TRIELLI
DA REDAÇÃO

Há seis meses no ar na internet, o Isso É Notícia alça novos voos neste mês de outubro. Já está circulando nos principais pontos de Cuiabá a versão impressa do que é lido no site, além de matérias exclusivas.

Com design inovador e todo colorido, a primeira edição da versão impressa traz como manchete a denúncia de compra de sentenças do prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB). Mendes teria comprado apartamento em leilão judicial e repassado à juíza que participou de julgamento da empresa Bimetal Indústria Metalúrgica Ltda.

Outro destaque, desta edição, são os contratos suspeitos firmados entre o governador Silval Barbosa (PMDB) com a empresa Trimec Construções. O governo teria “torrado” mais de R$ 200 milhões com a empreiteira em 3 anos e 4 meses.

Na parte cultural, você irá conhecer jovens cuiabanos que investem no empreendedorismo e fazem carreira e, ainda, a história do estudante Mauricio Rodrigues que decidiu voluntariamente aderir a um programa da ONG One World Center para ajudar pessoas que moram em regiões carentes da África.

O diretor de jornalismo do Isso É Notícia, Alexandre Aprá, revelou que a versão impressa vai circular mensalmente na capital. “O que queremos é fazer com que a notícia fique mais acessível às pessoas que não tem costume de acessar a internet e através do jornal saibam o que está acontecendo na política cuiabana”.

——————–

CLIQUE NO LINQUE ABAIXO E CONFIRA O QUE RODRIGO RODRIGUES ESCREVEU SOBRE A RELAÇÃO DO EMPRESÁRIO PREFEITO MAURO MENDES COM A JUIZA CARLA REITA LEAL

O jornalista Rodrigo Rodrigues, o empresário-prefeito Mauro Mendes, o empresário Pascoal Santullo, sócio de Mauro Mendes e a juíza Carla Reita Faria Leal, esposa de Pascoal Santullo

O jornalista Rodrigo Rodrigues, o empresário-prefeito Mauro Mendes, o empresário Pascoal Santullo, sócio de Mauro Mendes e a juíza Carla Reita Faria Leal, esposa de Pascoal Santullo

http://paginadoenock.com.br/rodrigo-rodrigues-novas-denuncias-de-trafico-de-influencia-trata-se-da-compra-do-apartamento-1401-edificio-ville-dijon-na-praca-popular-e-uma-ampla-cobertura-o-codigo-de-etica-da-magistratura-im/

————————————————

 

Juíza que recebeu apartamento de Mauro Mendes julgou recurso da Bimetal

Depois de receber apartamento de luxo, magistrada atuou em recurso de empresa

ALEXANDRE APRÁ
DA REDAÇÃO

Pedro Alves/MidiaNews
Mauro repassou apartamento de luxo à juíza; meses depois, magistrada atuou em julgamento de sua empresa, no TRT

Al juíza do Trabalho, Carla Reita Faria Lea, que recebeu um apartamento de luxo comprado pelo prefeito Mauro Mendes em um leilão judicial em 2009, participou de um julgamento de recurso em uma ação movida por um trabalhador contra a Bimetal, empresa que pertence ao chefe do Executivo municipal.

Segundo documento obtido pelo Isso É Notícia, a magistrada atuou como juíza convocada em um recurso ordinário oriundo de uma ação que tramitou na 5ª Vara do Trabalho de Cuiabá. A ação 0101100-70-2010.5.23.005 tinha como partes Mauro Antunes Sampaio (trabalhador) e a empresa Bimetal Indústria Metalúrgica Ltda.No julgamento, por unanimidade, o pleno do TRT decidiu conhecer os recursos tanto do autor (trabalhador), quanto da ré (empresa). Entretanto, o pleno deu provimento ao recurso do trabalhador, deferindo as horas extras questionadas no valor de R$ 11 mil.A participação da juíza no processo envolvendo a Bimetal aconteceu em maio de 2012, apenas cinco meses após o apartamento ser repassado a seu nome, conforme consta em certidão emitida pelo Cartório do 7º Ofício de Cuiabá.Carla Reita é esposa do secretário de Gestão da Prefeitura, Pascoal Santullo Neto, que também é sócio de Mendes. O curioso é que em outra ação de 2012, desta vez envolvendo a Federação das Indústrias de Mato Grosso, que à época era presidida por Mauro Mendes, a magistrada se deu por suspeita por razões de foro íntima para presidir o processo.A assessoria do prefeito de Cuiabá foi procurada pela reportagem. Mas, segundo o secretário de Comunicação, Mauro não vai se posicionar sobre o assunto. Para ele, como se trata de questões ocorridas quando ainda não era prefeito, o assunto não merece nenhum esclarecimento.

7 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.73.224.227 - Responder

    Cade o super jornalista Ademar para comentar a noticia

    • - IP 179.216.221.134 - Responder

      Vai saber kkkkkkkkkk3

  2. - IP 177.17.207.201 - Responder

    Já disse Ademar Adams, o importante servidor do TRT está mudo e calado, com medo dos seus chefes, como diz o cuiabano; ‘Quem tem, cuida’.

  3. - IP 187.113.47.12 - Responder

    A corrupção está livre em Mato Grosso , só mesmo a Policia Federal para dar ao cidadão alguma esperança.

  4. - IP 177.193.164.168 - Responder

    pelo que analisei esse novo jornal surge para apoiar joão emanuel, riva e toda esta turma. só que o mauro mendes, coitado, demonstrar ser muito incompetente e tá entrando na política como macaco bebadoem loja de louça

  5. - IP 189.31.2.98 - Responder

    Seja la o que for, a juiza decediu contra a empresa do Mauro Mendes

  6. - IP 189.31.2.98 - Responder

    Observem que a juiza deferiu as horas extras para o trabalhador

Deixe uma resposta para Ana teresa    ( cancelar resposta )

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

quatro × cinco =