HONRA AO MÉRITO – Serly Marcondes, Geraldo Fidelis, Luis Bertolucci, Rita Tolentino, Nilza Possas, Mario Kono, Yale Mendes, Wladymir Perri, Eulice Cherulli, Anderson Candiotto, João Filho de Almeida, Jorge Martins, Maria Farias Pinto, Luis Kirche e Maria das Graças Costa são “juízes destaques em 2012”, segundo Corregedoria do TJ

A juiza Maria Mazarelo(2ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Rondonópolis) foi escolhida como Juiza-Destaque de Competência Especializada da Fazenda

Prêmio é considerado estímulo à magistratura

Juízes de diversas Comarcas de Mato Grosso receberam na manhã desta sexta-feira (7 de dezembro) o prêmio ‘Juiz Destaque’, em uma iniciativa da Corregedoria-Geral da Justiça de Mato Grosso (CGJ-MT), instituído pelo Provimento nº 49/2012. A premiação será realizada a cada dois anos e contemplará os magistrados em 15 categorias.

“Ao instituir esse prêmio, nosso objetivo foi o de reconhecer aqueles que se destacaram na busca pela celeridade, produtividade e, ao mesmo tempo, estimular a ampliação da eficácia no exercício da magistratura, pois na nova concepção do universo se traduz a necessidade de novos olhares sobre o Direito”, disse o corregedor Márcio Vidal.

Com 22 anos de atuação na magistratura, a juíza Serly Marcondes Alves foi a premiada na categoria ‘Juiz de Competência Residual Cível’. “Essa é uma iniciativa ótima porque reconhece a desenvoltura do trabalho realizado no dia a dia pelos magistrados”, disse a magistrada, titular da Nona Vara Cível da Comarca de Cuiabá.

Nesta primeira edição, o período de verificação da produtividade dos juízes substitutos foi de cinco meses, de junho a outubro de 2012 e o premiado na categoria ‘Juiz Substituto’ foi o magistrado João Filho de Almeida Portela, da Vara Única da Comarca de Sapezal.

“Este é um projeto que estimula o trabalho, principalmente de recém-chegados como é o meu caso”, salientou o juiz, que aos 29 anos de idade está na magistratura mato-grossense há seis meses.

“Um evento como esse é um incentivo à produtividade do magistrado e por isso tenho certeza que na próxima edição a disputa será maior”, ressaltou o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rubens de Oliveira Santos Filho.

Conforme consta no provimento, a premiação para cada categoria é dada com base na apuração feita sobre a produtividade do número de sentenças cíveis e criminais, com e sem mérito, e homologação de acordos, extraídas dos programas Apolo e Projudi. O primeiro colocado é aquele que obtém maior produção de sentenças aferidas em quantidade e qualidade no período avaliado.

O período de produtividade a analisado é de 18 meses, sendo de janeiro a dezembro do primeiro ano, e de janeiro a junho do segundo ano de administração da Corregedoria.

Os magistrados premiados receberam o certificado ‘Juiz Destaque do Estado de Mato Grosso’ e terão nota de elogio na ficha funcional.

As entregas dos prêmios foram realizadas pelos desembargadores Márcio Vidal, Rubens de Oliveira Santos Filho, Benedito Pereira do Nascimento (aposentado), Orlando de Almeida Perri, Sebastião de Moraes Filho, José Jurandir de Lima, Luiz Ferreira da Silva, Clarice Claudino da Silva, Luiz Carlos da Costa, Marilsen Andrade Addario, Rondon Bassil Dower Filho, Maria Aparecida Ribeiro, José Zuquim Nogueira e José Silvério Filho.

Rita Soraya Tolentino (2ª Vara Especializada de Direito Bancário de Cuiabá) ganhou destaque como Juiza de Competência Especializada Bancária

Anderson Candiotto (1ª Vara de Mirassol d’Oeste) ganhou prêmio e destaque como Juiz de Direito da Segunda Entrância

Juiz do Juizado Especial – O juiz Mario Roberto Kono (Juizado Especial Criminal Unificado de Cuiabá) foi apontado como Juiz-destaque do Juizado Especial

O juiz Yale Sabo Mendes (7ª Vara Cível de Cuiabá) foi premiado como Juiz-destaque da Turma Recursal Única

O juiz Luis Fernando Kirche (Vara Especializada da Infância e Juventude de Diamantino) foi premiado como Juiz-destaque da Vara de Infância e Juventude

A juiza Eulice Jaqueline da Costa Cherulli (1ª Vara Especializada de Família e Sucessões de Rondonópolis) foi escolhida Juiza-destaque de Competência Especializada de Família e Sucessões

Veja os magistrados que foram premiados:

Juiz substituto – João Filho de Almeida (Vara Única de Sapezal)

Juiz de direito da Primeira Entrância – Jorge Alexandre Martins (Vara Única de Araputanga)

Juiz de direito da Segunda Entrância – Anderson Candiotto (1ª Vara de Mirassol d’Oeste)

Juiz de Competência Residual Cível – Serly Marcondes Alves (9ª Vara Cível de Cuiabá)

Juiz de Competência Residual Criminal – Geraldo Fidelis Neto (2ª Vara Criminal de Cáceres)

Juiz de Competência Especializada Cível – Luis Aparecido Bertolucci (Vara Especializada de Ação Civil Pública e Ação Popular de Cuiabá)

Juiz de Competência Especializada de Família e Sucessões – Eulice Costa Cherulli (1ª Vara Especializada de Família e Sucessões de Rondonópolis)

Juiz de Competência Especializada da Fazenda – Maria Mazarelo Farias (2ª Vara Especializada da Fazenda Pública de Rondonópolis)

Juiz de Competência Especializada Bancária – Rita Soraya Tolentino (2ª Vara Especializada de Direito Bancário de Cuiabá)

Juiz de Competência Especializada Criminal – Wladymir Perri (1ª Vara Criminal de Rondonópolis)

Juiz de Varas Especializadas de Execução Penal – Nilza Maria Possas de Carvalho (14ª Vara Criminal de Cuiabá)

Juiz do Juizado Especial – Mario Roberto Kono (Juizado Especial Criminal Unificado de Cuiabá)

Juiz da Turma Recursal Única – Yale Sabo Mendes (7ª Vara Cível de Cuiabá)

Juiz da Vara de Infância e Juventude – Luis Fernando Kirche (Vara Especializada da Infância e Juventude de Diamantino)

Juiz de Competência Especializada em Violência Doméstica – Maria das Graças Gomes da Costa (Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Rondonópolis)

 

 

FONTE COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO DO TJMT

7 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.11.218.230 - Responder

    Parabéns aos magistrados!! Estão também de parabéns os seus assessores, com certeza trabalham muito e não são lembrados.

    Por falar em ser LEMBRADOS, nós Agentes da Infância e Juventude do Estado de MT, não somos LEMBRADOS por “nosso” sindicato, pois corremos RISCO DE VIDA e “nosso” representante continua lembrado apenas dos seus pares, INFELIZMENTE. vejam essa noticia esta no olhardireto, CITANDO apenas um exemplo, pois poderíamos citar INÚMEROS.
    Um menor de 17 anos foi preso na manhã deste sábado (8) por equipes da Rotam em uma residência no bairro Figueirinha, em Várzea Grande. Segundo a Polícia Militar, o garoto é um dos principais suspeitos da morte de um policial da Força Tática em outubro desse ano.

    ISSO PQ NÃO CORREMOS RISCO ALGUM, PASMEM!!!!

  2. - IP 200.96.208.183 - Responder

    14a Vara Criminal de Cuiabá – MT, só pode ser brincadeira essa premiação! kkkkkk Ótima píada!!! kkkkkk

    • - IP 187.5.109.196 - Responder

      ITF, voce faz essa comentario, porque não deve conhecer qual é a realidade em trabalhar em uma secretaria especializada, como é o caso da 14ª Vara Criminal, onde todas as comarcas despejam suas execuções e a secretaria com numeros reduzidos de servidores, tem que dar conta do serviço, acha que é piada, então venha fazer um estágio aqui para conhecer a nossa realidade seu babaca.

  3. - IP 187.5.109.196 - Responder

    Belissima iniciativa da Corregedoria em premiar os juizes citados, e um reconhecimento por todo esforço dispensado para uma justiça celere e competente, merecedissima a premiação para a Juiza da 14ª Vara Criminal da Capital – Execuções Penais – DRª Nilza Maria, pessoa íntegra e dedicada que sempre buscou a efetiva celeridade processual, tratando as partes com respeito e dignidade. É de fato merecedora de nossos aplausos.

  4. - IP 187.5.109.196 - Responder

    Belissima iniciativa da Corregedoria em homenagar ilustres magistrados, que tanto fazem para concretizar a verdadeira celeridade no Judiciário, merecidissima homenagem a DRª NILZA MARIA, juiza de Direito da 14ª Vara Criminal de Execuções penais da Capital, pessoa íntegra, dedicada, prestativa, sempre voltada para a efetiva celeridade produtiva no judiciário, trata a todos com respeito e dignidade . É realmente digna de aprausos

  5. - IP 187.5.109.196 - Responder

    * aplauso.

  6. - IP 177.3.34.245 - Responder

    eu comesei tra lha 1986 eusouma pesoa direita toda ver que eu porcuro ajutisa para bucar omeu direito jutisa demora para midar reisporta porque sopobre oporque negro eupresizo da jutisa nucativer rezutado eu entrei pro seso cotra obanco panoamaricano jatenho maisdetre zaono teoje nao tenho rejutado porque gotaria de uma reisporta obrigado

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezessete + oito =