PREFEITURA SANEAMENTO

GRANDE, COMO ERA GRANDE: Ator Peter O’Toole morre aos 81 anos. Ele foi indicado 8 vezes ao Oscar e brilhou em filmes como “Lawrence da Arábia’, “A noite dos generais” e “O último imperador”. “A Irlanda e o mundo perderam um dos gigantes do cinema e do teatro”, disse o presidente Michael Higgins, em comunicado

peter otoole, ator irlandes

Ator Peter O’Toole morre aos 81 anos

Irlandês estrelou ‘Lawrence da Arábia’ e foi indicado 8 vezes ao Oscar.
Ele morreu em hospital em Londres no sábado (14), diz agente.

Do G1, em São Paulo

O ator irlandês Peter O’Toole morreu aos 81 anos, disse neste domingo (15) seu agente. O motivo da morte não foi divulgado. Ele estrelou o filme “Lawrence da Arábia” em 1962 e foi indicado oito vezes ao Oscar durante a carreira.

O agente Steve Kenis disse que o ator morreu no sábado (14) em um hospital de Londres. Ele estava doente há muito tempo, disse o agente, sem especificar a causa.

O ator também atuou em “O último imperador”, de Bernardo Bertolucci, de 1987, “O leão no inverno”, com Katharine Hepburn, de 1968, e diversos outros filmes em quase seis décadas de carreira no cinema.

Nascido em County Galway, na Irlanda, e criado em Leeds, na Inglaterra, ele começou a carreira no teatro britânico e se consagrou em um da das suas primeiras atuações no cinema, “Lawrence da Arábia”. O trabalho de 1962, na pele de um militar inglês que lutou no Oriente Médio na Primeira Guerra Mundial, foi o mais marcante de O’Toole e ajudou a transformar o longa em um clássico do cinema.

Ele recebeu um Oscar honorário em 2003 – uma forma de a Academia de Hollywood compensá-lo por não ganhar nenhuma das outras indicações ao prêmio. Ele foi premiado quatro vezes no Globo de Ouro, uma no Emmy e uma no Bafta, entre outros reconhecimentos.

Peter O'Toole em 2008 (Foto: AP/Evan Agostini)Peter O’Toole em 2008 (Foto: AP/Evan Agostini)

O filme mais recente pelo qual ele havia sido indicado ao Oscar foi “Venus”, de 2006. No ano seguinte, ele fez a voz do personagem Anton Ego, no popular filme de animação “Ratatouille”. Além de “Lawrence da Arábia”, os outros filmes que renderam indicações ao Oscar foram “Becket, o favorito do rei” (1964), “O leão no inverno (1968)”, “Adeus, Mr. Chips” (1969), “A classe governante” (1972), “O substituto” (1980) e “Um cara muito baratinado” (1982).

Volta a atuação
Em um comunicado divulgado em julho de 2011, Peter O’Toole disse que iria se aposentar e não mais atuar em filmes e no teatro. “O coração disso [ser ator] saiu de mim”, disse, acrescentando que “não iria voltar”. Mas o “The Guardian” disse que ele planejava voltar a atuar em um filme chamado “Katherine of Alexandria”. O site IMDb diz que ele também estava no elenco de um filme programado para estrear em 2014, “Mary”.

Ele deixa duas filhas, Pat e Kate O’Toole, de seu casamento com a atriz Siân Phillips, e um filho com Karen Brown, Lorcan O’Toole.

Repercussão
O presidente irlandês, Michael Higgins, disse ter sentido uma “grande tristeza” com o anúncio da morte do ator. “A Irlanda e o mundo perderam um dos gigantes do cinema e do teatro”, escreveu em um comunicado.

Vários atores e cineastas também  lamentam a morte de Peter O’Toole no Twitter. “Pensamentos e orações direcionados à família de Peter O’Toole”, disse William Shatner. “Um brinde ao ator Peter O’Toole. Que grande estrela”, disse o diretor Edgar Wright. “Que notícia terrível. Adeus, Peter O’Toole. Tive a honra de dirigir em uma cena. Monstro, aprendiz, amante da vida, gênio…”, escreveu Stephen Fry.

Peter O'Toole recebe o Oscar honorário em 2003, ao lado da atriz Meryl Streep (Foto: AFP PHOTO/TIMOTHY A. CLARY )Peter O’Toole recebe o Oscar honorário em 2003, ao lado da atriz Meryl Streep (Foto: AFP /Timothy Clary)

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

vinte + dezenove =