GRANDE, COMO ELE É GRANDE: Chico Buarque comemora 70 anos de vida e quase 50 anos de carreira, como cantor e compositor, um dos mais destacados nomes da MPB. Recentemente, provocou a ira dos direitistas ao destacar gestão do PT na Presidência da República: “A verdade é que antes do PT teve uma turma que ficou 500 anos mandando no Brasil e esse país se tornou um paíseco de 5º mundo. Entramos na década de 80 ainda sendo uma república das bananas, governados por ridículos generais sem voto.Tivemos avanços extraordinários mas a mídia conservadora e recalcada, sabota e cria um clima de que estamos ‘à beira do abismo’. E tem gente que vai na onda e não lembra do nosso passado medíocre.”

"Eu gosto da diplomacia do Lula porque nem fala grosso com a Bolívia nem fala fino com os Estados Unidos", definiu nos tempos do governo anterior o compositor carioca; fã de Chico Buarque, presidente Dilma Rousseff pratica a seu modo essa doutrina; depois de tratar respeitosamente com Evo Morales sobre a fuga do senador Roger Molina, governo cobra explicações por escrito da administração Barack Obama sobre espionagem nas mensagens eletrônicas da presidente; País junta provas para fazer carga na ONU, exigindo legislação internacional dura

“Eu gosto da diplomacia do Lula porque nem fala grosso com a Bolívia nem fala fino com os Estados Unidos”, definiu nos tempos do governo anterior o compositor carioca; fã de Chico Buarque, presidente Dilma Rousseff pratica a seu modo essa doutrina; depois de tratar respeitosamente com Evo Morales sobre a fuga do senador Roger Molina, governo cobra explicações por escrito da administração Barack Obama sobre espionagem nas mensagens eletrônicas da presidente; País junta provas para fazer carga na ONU, exigindo legislação internacional dura

Na ativa, Chico Buarque chega aos 70 anos de vida e a quase 50 de carreira

 Milton Ribeiro, no Sul21

Provavelmente, poucas pessoas conseguirão falar com Chico Buarque no dia de hoje, em que ele completa 70 anos. Ele é um sujeito muito reservado. Quando fez 60 anos, mentiu que viajaria para Paris a fim de ficar tranquilo. Porém, na tarde daquele dia, fez alongamentos e correu no Leblon. Para aqueles que o questionavam, respondia “Viajando nada!”. E ria. É que este verdadeiro patrimônio da cultura nacional, compositor, cantor e escritor, esta figura pública que não evita falar em política, que é ao mesmo tempo lírico, nostálgico e porta-voz das mulheres, é um cidadão mais afeito à tranquilidade do que a inevitável notoriedade que alcançou sua obra. Aliás, a notoriedade veio rápida, alçando-o em menos de um ano do anonimato ao posto de unanimidade nacional, concedido informalmente pelo amigo Millôr Fernandes.

Chico-Buarque

Cedendo ao pecado da primeira pessoa do singular, digo que certa vez estava em Parati e, após alguns dias de contenção, resolvi gastar algum dinheiro. Fui jantar em um dos melhores restaurantes da cidade. Logo que sentamos na mesa escolhida do restaurante quase vazio, dois garçons vieram falar conosco. “Na mesa ao lado, o Chico Buarque jantará com uma de suas filhas e amigos. Ele não tolera fãs. Espero que o senhor não o incomode”. Um tanto contrariado pela observação, respondi que saberia me comportar. Minutos depois, muito sorridente, Chico chegou, fazendo questão de cumprimentar a todos antes de sentar-se com seus amigos.

Conto esta história porque o restaurante está “prenhe de razão”, como diria Julinho da Adelaide. Chico Buarque é um homem especialmente talentoso e bonito. As pessoas têm curiosidade sobre ele, principalmente as mulheres. Algumas das moças que nos acompanhavam talvez ficassem atrapalhadas ao vê-lo adentrar o restaurante com seus olhos verdes para sentar na mesa logo ao lado. Era melhor avisar mesmo.

Chico-Buarque-crianca

Francisco Buarque de Holanda nasceu em 19 de junho de 1944, no Rio de Janeiro, filho do historiador Sérgio Buarque de Holanda e de Maria Amélia Cesário Alvim Buarque de Holanda. Aos dois anos, mudou-se com a família para São Paulo. A primeira vez que apareceu na imprensa foi nas páginas policiais da Última Hora em razão de um ilícito: com um amigo, ele roubara um carro para passear. Acabou preso. A foto da delegacia foi parar na capa do disco Paratodos.

Chico Buarque paratodos

Quando trocou a editoria de Polícia pela de Cultura, havia um impasse na música brasileira. De um lado, estavam os defensores do samba tradicional e, de outro, o pessoal da bossa nova,com suas harmonias mais elaboradas. Chico nunca escolheu um dos lados pelo simples motivo de que tinha os dois em seu coração. Se suas letras revelavam um jovem nostálgico — ele parece reviver seu ídolo Noel Rosa (Chico diz que a maior canção brasileira de todos os tempos é Último Desejo) –, as harmonias não são mais as de Noel. É que em 1959, quando Chico tinha 15 anos, fora lançado o LP Chega de Saudade, de João Gilberto, e ele não passara incólume. Nem os vizinhos. Chico ouvia este disco tão repetidamente que a família Buarque de Holanda era alvo de reclamações.

sonho de un carnaval chico buarqueMúsica

Lançado há 49 anos, em 1965, seu primeiro compacto simples trazia duas canções: de um lado Pedro Pedreiro e do outro Sonho de um CarnavalPedro Pedreiro é uma canção com letra de conteúdo social, agregada a uma harmonia complexa que incorpora ao estilo tradicional o que lhe interessava da bossa nova. Chico nunca foi um revolucionário da arte, utiliza-se das formas disponíveis para elevá-las a um nível talvez inalcançável por nenhum outro artista popular. Suas combinações de letra e música deram tanto uma feição literária à MPB, como alçaram a música popular ao status de poesia.

Nos anos 60, Chico foi um estranho e talentoso jovem. Era um jovem nostálgico. Realejo e A Televisão mostram uma saudade esquisita em alguém de menos de 25 anos. Mas um de seus temas mais caros já se fazia presente: a preocupação com a condição feminina fazia-o criar personagens e ele convidava mulheres para cantar Com açúcar, com afeto e o dueto de Noite dos Mascarados. Ao lado destas, apareciam a malandragem de Noel emLogo eu? e o lirismo de Morena dos Olhos d´águaJanuária Olê Olá, por exemplo.

chico buarque de hollanda a bandaQuando foi lançada, A banda tornou-se um divisor de águas na carreira de Chico. Interpretada por ele e Nara Leão, dividiu o 1º lugar com Disparada, de Geraldo Vandré e Théo de Barros, no 2º Festival de Música Popular Brasileira, em 1966. Vendeu mais de 100 mil cópias em uma semana.

Por falar em 100 mil, Chico participou da passeata dos 100 mil, em 1968. Ele militou contra a ditadura militar compondo canções e peças que criticavam o regime, às vezes de forma explícita, e em outras buscando driblar a censura de maneira alegórica. Não chegou a ser preso, mas foi interrogado no Dops e no 1º Exército. Também em 1968, Chico venceu o 3º Festival Internacional da Canção, em parceria com Tom Jobim, com a canção Sabiá. O público vaiou Chico, Tom e o Quarteto em Cy. Preferia Pra não dizer que não falei de flores, de Geraldo Vandré. Em 1969, Chico recebeu convite para gravar um disco na Itália e cantar na França. Seguiu para Roma com Marieta, grávida da primeira filha. Ao saber da prisão de Gil e Caetano, decidiu não voltar. O casal passou 14 meses na Europa.

Construção_chico_buarqueA maturidade como compositor

Na volta, Chico lançou Construção (1971), um disco absurdamente bom e completamente distinto dos anteriores. Chico se modernizara em tudo: as letras não são mais nostálgicas, as citações ao samba não estão mais em toda canção e os arranjos de Magro (MPB-4) e Rogério Duprat deram a roupagem que as canções já mereciam mas não tinham. O disco tem de tudo: sambas de exílio, canções intimistas, acalantos e a grandiosidade de Construção e Deus lhe pague. As letras estão carregadas de críticas ao regime militar e às condições sociais do país. Além da preciosidade técnica da letra de Construção – 41 versos, todos terminando com um proparoxítono de três sílabas –, a canção revela o engajamento social de seu autor. Foi uma redefinição e tanto. É seu primeiro disco adulto. Na época, ele disse que xingou o Sabiá, abandonou a Rita e empurrou a Carolina da janela para fazer esse disco.

No âmbito da canção, era a maturidade chegando aos 27 anos. Nos anos seguintes, ele abriu mais frentes. Sem açúcar, que está em Chico Buarque e Maria Bethânia ao Vivo, trazia um amargor nunca antes ouvido em seus discos. Por outro lado, a censura incomodava. “Eles me encheram o saco, mas também enchi muito o saco deles”. O compositor teve dezenas de canções proibidas ou “tesouradas”, mas algumas escapavam. As principais foram Apesar de você e Cálice. Quando se deram conta do vacilo, os censores já não podiam impedir as ruas de cantá-las. A fim de burlar a censura prévia, o compositor inventou o sambista Julinho da Adelaide, que “escreveu” a notável Acorda amor. A identidade de Julinho foi revelada em 1975, numa reportagem sobre a censura publicada no Jornal do Brasil.

Em 1974, Chico estreou na literatura com Fazenda modelo, definida por seu autor como uma “novela pecuária”. No mesmo ano, ele lançou Sinal Fechado só com canções de outros compositores, além de Acorda Amor. O disco é excelente, mas demonstra as dificuldades com a censura. Mas a fileira de discos de obras próprias aparecia lotada de obras-primas.

chico-amigos

Meus caros amigos (1976), Chico Buarque (1978), Ópera do Malandro (1979), Vida (1980), Almanaque (1981) eChico Buarque (1984), mais parecem antologias de melhores músicas do que discos regulares. Não há nada que seja de segunda linha, fato que obrigou a Almir Chediak, por exemplo, a lotar de canções os oito CDs de seu Songbook de Chico Buarque. (Songbook é um livro impresso com partituras, letras e CDs, de uma ou mais bandas ou músicos).

Musicalmente liberado, Chico tanto se valeu da eletrificação — Jorge MaravilhaHino de DuranA Voz do Dono e o Dono da voz –, quanto de ritmos estrangeiros — Fado TropicalTanto amarTango do CovilBancarrora Blues–, do charleston — Ai, se eles me pegam –, das marchinhas sacanas — Não existe pecado no lado debaixo do Equador e a sensacional Boi voador não pode, etc. Ele ainda explorava preferencialmente o samba e as delicadas valsas — TerezinhaEu te amoJoão e Maria — e revelava auto-ironia em Corrente — “Pra confessar que andei sambando errado / Talvez até precisa tomar na cara”) e Até o fim, além do drama nos versos de Olhos nos OlhosFolhetim ,Mil Perdões e Bastidores.

Após 1984, a produção de Chico Buarque diminuiu em número, mas não em qualidade. Chico também desenvolveu discos em parcerias com Caetano Veloso e, principalmente com outro gênio da MPB, Edu Lobo. DeFrancisco (1987) a Carioca (2006) e Chico (2011), seus últimos trabalhos na música nada ficam a dever ao Chico dos anos jovens ou ao Chico maduro.

chico2011

Meu tempo e curto, o tempo dela sobra / Meu cabelo é cinza, o dela é cor de abóbora, canta Chico em Essa pequena, do disco Chico, certamente referindo-se a seu envolvimento com a cantora Thaís Gulin. Seu último disco é um esplêndido trabalho de canções de amor. Talvez a melhor música seja Nina, uma bela e imaginativa valsa de sabor russo e internético. Nina diz que tem a pele cor de neve / E dois olhos negros como o breu, canta.

A discussão sobre a relação entre a música, a letra de canção e a poesia é antiga. O Chico letrista escreve com profundo conhecimento das técnicas literárias, mas nunca perdem a comunicação e são embaladas por uma musicalidade interna quase natural. Herdeiro da linguagem urbana de Noel, estas incorporam elementos da poesia modernista de Manuel Bandeira, Drummond e Vinícius. A força da poesia das canções de Chico por muito tempo obscureceu a arte do melodista. Ainda mais que, mais recentemente, suas composições foram ganhando os elementos eruditos que lhe chegaram filtradas pela arte de Tom Jobim.

budapeste-livroLiteratura

Fazenda Modelo (1974) era quase uma brincadeira com A Revolução dos Bichos, de George Orwell. Estorvo (1991) não é um bom romance, mas revela que o romancista não é somente uma extensão do cancionista. EmBenjamin (1995) já havia uma voz própria, mas tudo mudou com o extraordinário Budapeste (2003). Não obstante as críticas geralmente negativas a Estorvo e Benjamim, estes e Budapeste foram adaptados para o cinema. Seu mais recente romance é Leite derramado (2009). É o mais reconhecido deles, tendo recebido o Jabuti de melhor ficção do ano. Na época da premiação, houve grande debate pelo fato de que muitos acharam o livro inferior ao segundo colocado Se eu fechar os olhos agora, do repórter da Globo Edney Silvestre. Leite é a biografia de um homem em meio aos tormentos da memória, que simboliza a formação do país e suas feridas sociais.

Política

Além da militância durante a ditadura, Chico nunca se furtou de abrir seus votos ou de externar seu pensamento sobre os grande problemas e debates do país. Ultimamente, Chico manifestou seu apoio às candidaturas de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff à Presidência da República.

Chico Buarque com Edu Lobo na Marcha dos 100 mil

Chico Buarque com Edu Lobo na Marcha dos 100 mil

Mais recentemente, provocou polêmica ao falar muito bem dos quase 12 anos de gestão do PT na Presidência da República: “A verdade é que antes do PT chegar ao poder teve uma turma que ficou 500 anos mandando aqui no Brasil e esse país se tornou um paíseco de 5º mundo. Entramos na década de 80 ainda sendo uma república das bananas, governados por ridículos generais sem voto, ditadores golpistas assassinos e ignorantes, que ‘preferiam cheiro de cavalo a cheiro de povo’. Aí, finalmente, vem um partido que faz o Brasil avançar, tira nossa coleira dos EUA, dá um pé no traseiro do FMI, alça o país a 6ª economia do mundo fazendo o PIB saltar de 1 para mais de 2,4 trilhões em uma década, tira 50 milhões de brasileiros da pobreza, cria uma nova classe média de mais de 100 milhões com emprego, renda, carteira assinada e conta no banco… Enfim, avanços extraordinários em uma década! Mas a mídia conservadora e recalcada, sabota e cria um clima de que estamos ‘à beira do abismo’. E tem gente que vai na onda e não lembra do nosso passado medíocre.”

É óbvio que tais palavras provocaram a ira da dita “mídia conservadora e recalcada”. A Veja respondeu com seus habituais ataques. O colunista Rodrigo Constantino, em um texto chamado “Chico Buarque faz 70 anos mas continua um “adolescente rebelde” disse o seguinte: “Algumas pessoas são a prova viva de que a idade nem sempre traz consigo a maturidade, tampouco a sabedoria, muito menos o caráter. Pau que nasce torto nunca se endireita, diz o ditado popular. E, de fato, vemos que muitos artistas não conseguem sair da prisão intelectual que é o esquerdismo infantil”.

Enfim.

.oOo.

Fontes consultadas:
– Fascículo dedicado a Chico Buarque da História da Música Popular Brasileira
– Conheça 70 fatos marcantes da vida de Chico Buarque

 

FONTE SUL 21

20 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.24.144.234 - Responder

    chico é otimo compositor mas cantando é uma caganeira e outro defeito sempre do lado dos bandidos corruptos petralhas

    • - IP 191.24.182.197 - Responder

      Pelo menos tem coragem de dizer o que pensa abertamente. Diferente de certos “josés” que tem caganeira se tiver de emitir opinião e assumir o que diz. Viva Chico Buarque! Viva a esquerda! Fora direita criminosa!

  2. - IP 177.64.231.180 - Responder

    CONCORDO COM VOCÊ JOSÉ… O CARA FICOU SENIL …APOIAR O PT É UM RETROCESSO .. PARTIDO DAS TREVAS.. SÓ TROUXE O ÓDIO PARA O BRASIL.. ACABOU COM A FESTA DA COPA… FORA PT .. FORA PARTIDO DAS TREVAS….. FORA DILMA

    • - IP 187.84.153.56 - Responder

      KKKKKKKKKKKKKKKKK, esse coitado não tem memória.
      Analise o antes e o depois.
      O PT está levando culpa em tudo. Coitado dessa pessoa
      que não sabe diferenciar um time de futebol e a política
      do seu Pais. Vai estudar. Meu amigo.

  3. - IP 177.41.92.6 - Responder

    José ou “Jose” e henrique, tentem elevar o debate neste importante espaço, por favor! A coragem que falta a vocês,como disse o Ademar, para, ao menos, identificarem-se nesses maldosos comentários, sempre sobrou e sobra para o incomparável Chico Buarque, inclusive para combater incansavelmente pessoas como vocês. Embora vocês, devido ao ódio que parecem nutrir pelas forças progressistas brasileiras, não mereçam, farei algumas correções aos seus tendenciosos comentários: (i) a bem da verdade, não se trata de um barítono, mas o que faz dele um grande interprete, além de inigualável compositor, não são apenas a voz e estilo singulares e sim a verdade com interpreta as canções e que, portanto, não podem ser comparadas a outros intérpretes, algo que você, jose, parece, pelo comentário chulo, não ter condições de avaliar; e (ii) vocês parecem àqueles que pensam que intelectuais do calibre de Chico Buarque apóiam o Partido dos Trabalhadores, quando, na verdade, o que eles apóiam são as políticas públicas apoiadas pelo conjunto das forças forças progressistas brasileiras, entre elas o PT, que fizeram, e continuarão a fazer, o Brasil mudar para muito melhor nesses 12 anos. Se ele apoiasse apenas o PT seria filiado ao partido, não acha? Embora eu também apóie muitas das políticas públicas implementadas pelo PT, também eu não sou filiado ao partido. Mas o que chama a atenção nesse tipo de comentário é o que está escondido e escamoteado em cada uma das agressões repetidas aqui neste espaço à exaustão pelos reaças de plantão que escondem, inclusive, em favor de quem fazem seus comentários. Afinal, vocês têm medo de defender o candidato queridinho da direita reacionária, Aécio Cheira Neves? Ou mesmo de defender o indefensável Eduardo Tucano Traíra Campos? Essa de ficar repetindo xingamentos, como esses seus: “bandidos corruptos petralhas” e dizendo que houve aumento da corrupção no Brasil a partir do governo Lula não passa de grande balela que já demonstrei filosófica e matematicamente em artigo publicado recentemente aqui neste valoroso espaço democrático: (basta procurar no Google por “Muita filosofia e matemática nessa hora!”). Se vocês ou seus asseclas quiserem discutir corrupção no Brasil, antes, analisem e tentem rebater, com dados e argumentos, os números que apresentei, pois apenas repetir o mantra de “Petralha” só serve para convencer anencéfalos como vocês. Vocês, (Josés, Robertos, Ruas, Indignados e Henriques) são desses que acusam todos do atual e dos próximos governos progressistas de desonestos, mas que devem ser tão honestos, quanto os que agiram com a covardia de xingar uma mulher que não tinha como se defender na frente de milhares de crianças, vocês são tão honestos que precisam se esconder atrás do anonimato provocado pela multidão ou por detrás de pseudônimos idiotas. Só faltava mesmo vocês não conseguirem se reconhecer naquela horda de branquinhos, preconceituosos, retrógrados e hipócritas no estádio de Itaquera! Procurem um espelho, observem-se atentamente e vocês se encontrarão ou, temo e acredito, encontrarão algo pior… sei que é difícil pra vocês, por um pouco extenso que é, mas tentem ler o artigo e irão perceber que o que houve mesmo, durante esses doze anos de governo progressista no Brasil, foi, sem dúvida, um brutal aumento do combate à corrupção, com brutal aumento da transparência (Lei 12.527/2011) e muita exposição partidarizada da velha e monopolizada mídia brasileira contra o seu futuro e provável algoz. Por que vocês acham que nunca aconteceu nada com os ex-governadores Júlio e Jaime Campos, Carlos Bezerra, Dante de Oliveira, etc. ? Vocês acham que esses aí nunca responderam a nada na justiça por que eles eram honestos? Façam-me o favor! Hoje, até bilionários (devido ao poder público) como Blairo, Silval e Riva estão tendo grandes dificuldades em manterem-se na política, por conta das ações de órgãos fiscalizadores federais totalmente autônomos, tais como: AGU, TCU, CGU, Polícia Federal, MPF, etc. e que desde 1500 até 2002 nunca atuaram de forma verdadeiramente independente como atuam agora. Ou vocês acham que se fosse esperar a ação dos órgãos de controle estaduais, eles estariam sendo pelo menos incomodados? Reflitam um pouco e tentem, de forma desapaixonada, responder aos questionamentos que fiz aqui.
    Quanto à ao comentário do henrique: “acabou com a festa da Copa”. Cara você se esconde tanto que não está conseguindo ver a festa que nós, os brasileiros e todos os mais de um milhão de estrangeiros que para cá vieram, estamos fazendo nesta que já é considerada pelo mundo inteiro como a Copa da Copas! Saia das trevas você e venha para o melhor detergente que há que é a luz do sol e veja você mesmo!

    • - IP 189.59.69.195 - Responder

      Assino com satisfação a sua nota Adamastor!
      Estou cansado de ver essa gente anônima, ou seja, criminosa, atacar meio mundo impunemente.

      • - IP 177.221.96.140 - Responder

        Esse tal de Ademar, na verdade, está cansado mesmo é das críticas aos petralhas.

        O que ele quer mesmo é que ninguém discorde dos petralhas.

    • - IP 177.221.96.140 - Responder

      Esses filopetralhas, como avestruzes, escondem a cara tão profundamente, que não conseguem ver a “festa” que os petralhas estão fazendo com o dinheiro destinado à copa e com os recursos públicos em geral.

  4. - IP 201.41.103.154 - Responder

    Coincidência , esse cidadão ao completar 70 anos de vida , vem agora vender sua imagem ao PT , e fazer um discurso que não é da autoria dele , e sim um discurso formatado por algum lulinha da vida.

  5. - IP 201.22.172.247 - Responder

    Comunista de botecos e black label,vivem no mundo da ilusão,fingindo de ausentes quando se faz referências aos genocídios cometidos por Mao,Stalin,Fidel etc…….Se nem DEUS conseguiu,fazer os homens iguais não seriam esses idiotas e criminosos que fariam.Ademar,Adamastor,vão visitar Cuba ,mas sem ir lamber as botas do Ditador,,VEJAM O caos e a devastação que se compara a uma tragédia a uma tragédia humanística, do que é o regime adorado pela esquerda festiva e alienada do Brasil,mas para isso é preciso coragem,para encarar a realidade,e isso os comunas evitam ,como o Diabo foge da Cruz.Se o Pt for comunista ,então vaca vôa!São, isso sim, contumazmente desviadores da coisa publica.Chico gosta de “pelada” no futebol,com as mulheres peladas e em Ipanema de preferência,as vezes, faz umas musiquinhas!

    • - IP 189.59.69.195 - Responder

      Todos assassinatos de alguns que se diziam de esquerda, não chega perto dos milhões que morrem todos os anos por culpa da mazelas do Capitalismo.
      E o senhor, que omite seu nome completo. comete o crime do anonimato previsto em lei.
      Você fala mal de Chico Buarque, mas provavelmente já curtiu as “musiquinhas” dele.
      Por acaso não gostas de futebol, mulher pelada e de Ipanema?

      • - IP 189.10.75.192 - Responder

        Ai, que burro! Dá zero pra ele!

  6. - IP 201.57.233.221 - Responder

    COLEGAS,

    ESSES DEFENSORES DO AUTORITARISMO PETISTA SÃO DISCIPLINADOS. TODOS OBEDECEM A MESMA DIRETIZ DE PENSAMENTO.. OBSERVEM QUEA CONDUTA É SEMPRE A MESMA: GRITAR MUITO E ESTIGMATIZAR TODO MUNDO DE DEFENSORES DA DIREITA… ´QUE DIREITA QUE NADA!!

    EU QUERO É OS PETISTA FORA… ESTÃO DESTRUINDO O BRASI ESSE PETITAS..

    FORA SEUS ” CABEÇA DE SAÚVA “

    • - IP 189.59.69.195 - Responder

      Ou o Enock acaba com os anônimos ou ele acabam com o debate sadio.
      Fora covardes, fora cagões e fora coxinhas!

      • - IP 201.22.172.247 - Responder

        tá explicado porque as ditaduras comunistas se notabilizam em serem duras e sanguinárias,Ademar é um digno representante delas,Que importa meu nome completo,quero ver ele desmentir a história e explicar o fim do comunismo na Russia e paises satélites e a adoção do capitalismo pela China,como ele não pode, fica irritado e parte para baixaria. Se fôsse implantado, hipóteticamente, o comunismo no Brasil ele com certeza me mandaria fuzilar ,eu e quem enfrentou suas idéias neste” blog-sujo”. Obs:Sujo porque é mantido por verba do PT,e não porque é corrupto.Entenderam?

  7. - IP 201.57.233.221 - Responder

    ” OU O BRASIL ACABA COM A SAÚVA, OU A SAÚVA ACABA COM O BRASIL.”

    escrito – August Saint-Hilaire.

    OS SAÚVAS TEM QUE SER TIRADOS DO PODER ANTES QUE ACABEM COM BRASIL …

  8. - IP 177.41.92.6 - Responder

    osmir, onde, ou melhor, em que parte do meu texto, ou de qualquer texto que eu já tenha escrito e publicado, você conseguiu ler uma defesa minha ao socialismo cubano ou a qualquer outro tipo de socialismo real já praticado no mundo? Osmir, henrique e demais reaças de plantão, tentem evoluir intelectualmente, pois com o passar dos anos, apenas mantendo o olhar atento, os neurônios ativos, a alma livre das amarras do passado e muita leitura é possível a libertação desse ódio alienado de conteúdo, evolução tão necessária no caso de vocês. Comecem lendo com atenção o texto que já indiquei que pela simplicidade e conteúdo os levarão às demais leituras obrigatórias nos bancos escolares dos anos iniciais que lhes escaparam. Já escrevi acerca disso algumas vezes, mas é preciso insistir. A chamada “economia de mercado” é produto de uma seleção histórica que continua desde que o homem desceu das árvores. Mas não é a solução definitiva, há que considerar os ensinamentos filosóficos de Hegel e Marx, pois a tal economia de mercado tem problemas intrínsecos que impedem a construção do processo civilizatório com a qualidade que os homens desejam e que depende da ação forte e incisiva de um Estado arguto, atento, totalmente obediente |às garantias constitucionais conquistadas e que permita o máximo de liberdade com justiça social. Simples assim. A economia de mercado, em termos de evolução e controle das misérias humanas, seguramente, é a pior maneira de organização social, com exceção de todas as outras formas já experimentadas. O que temos que buscar incessantemente, como em tudo o mais em nossas vidas, é o máximo equilíbrio entre um “Estado” absoluto e o “Mercado” soberano, ambos, nunca podem estar acima dos interesses da sociedade. Libertemo-nos, pois, dessa pobre dicotomia “Estado” e “Mercado” e evoluamos juntos. Então, comentem, comentem e comentem à vontade, mas com civilidade, argumentos, dados e números, por favor!

    • - IP 201.22.172.247 - Responder

      Dê apenas sua opinião ,não dê aulas.O esclarecido sintetiza.Nós queremos saber como vai você.Ao invés de responder,você conta uma história.Não precisa abaixar o nível,é uma sugestão,vce aceita ou não.Simples assim!

  9. - IP 177.64.231.180 - Responder

    COLEGAS, ACHO QUE A ESQUERDA BOLIVARIANA ESTÁ PERDENDO A CALMA… POR QUE SERA?

    VAMOS ÀS URNAS , O POVÃO JÁ DESPERTOU … A VERDADE SEMPRE VEM .

  10. - IP 191.177.91.84 - Responder

    E apoiar o PSDB é um grande avanço…. PT tirou o Brasil da subdesenvolvimento para ser a sexta potência. Aí vem o coxinha e diz que o PT rouba, que o PT engana, que isso ou aquilo. Agora me conte uma coisa: por acaso foi o PT que inventou a corrupção? Quando o cidadão diz que é o partido, ele está generalizando, pois dentro do partido tem muita gente honesta. Sou PT, sou Dilma, para que o avanço não acabe.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezessete − 4 =