PREFEITURA SANEAMENTO

GIBRAN LACHOWSKI: Luis Inácio falou. Falou aquele que, para desespero de seus escarnecedores, continua de cabeça erguida

Luiz Inácio falou
Gibran Lachowski

Falou o preso político mais conhecido do mundo que, de sua condição, emite muito mais lucidez do que o Recruta que “governa” o Brasil.

Falou um homem sem gravata, com poucos cabelos, dizendo-se de “paz e amor”, porém bravo, agressivo mesmo, vestido pra guerra.

Falou e apontou o dedo para Dallagnol e para a arrogância do Ministério Público, para Moro (nem juiz e nem ministro) e para a Globo, uma organização especializada em assassinatos de reputação.

Falou afirmando a importância do PT no cenário da mobilização popular, mas com exageros, deixando de lado o PC do B e o PSOL.

Falou o ex-presidente que desponta em pesquisas – inclusive da casa grande – como o que melhor governou o país, admitindo um erro que ofende de morte a democracia: não fez a regulação das concessões públicas de rádio e tv.

Falou, aceitando uma autocrítica, desde que ampla, geral e irrestrita, que inclua os setores que quebraram o Brasil, espalhando ódio, recessão, golpe, privilégios e mentiras, como as propostas na Reforma da Previdência do Guedes e do mercado financeiro.

Falou um homem que chora pelo neto, do qual não pôde nem se despedir direito, tamanho o nível de justiçamento do judiciário brasileiro quando se trata dele.

Falou o protagonista de uma das mais emblemáticas canções do rock político brasileiro, expressa nas vozes dos Paralamas do Sucesso ainda nos anos 90.

Falou aquele que, para desespero de seus escarnecedores, continua de cabeça erguida e segue sendo Luis Inácio Lula da Silva.

 

Gibran Lachowski, jornalista e professor universitário em Mato Grosso

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.92.246.56 - Responder

    Interessante que um presidente que dizia que não existia ninguém mais honesto que ele….o nuncanatesnahistoriadestepais… queira acusar alguém de arrogante! Aliás o Lula alegar que foi condenado injustamente e uma.piada! O prpcesso.foi julgado por 1 juiz, 3 desembargadores e 5 ministro e ninguém afirmou que o Lula e inocente! Somente o Lula e o escriba do texto acima parecem acreditar nisto!

Deixe uma resposta para Alexandre Gil lopes    ( cancelar resposta )

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

1 × quatro =