“Alegre e preocupado”, Dr. Gabriel tenta entender o Padeiro

"Fiquei alegre e preocupado com essa decisão do engenheiro" - escreve o doutor Gabriel. "Alegre, porque o novo prefeito não poderia ser mais feliz na escolha, trazendo um profissional de currículo invejável para ajudá-lo na transformação de Cuiabá. Preocupado, porque nenhum profissional correto deixaria por livre e espontânea vontade, ainda mais em sua cidade, um projeto quase concluído."

Como sempre, o discreto professor e doutor Gabriel Novis Neves não dá nome ao santo, na crônica que publica hoje, no seu Blog do Bar do Bugre. Mas é óbvio que ele está falando de Marcelo Padeiro, um dos técnicos mais requisitados da administração pública, em Cuiabá. Ele está trocando função de destaque na Secretaria da Copa, do governo de Silval Barbosa pela Secretaria de Obras do não tão novo governo de Mauro Mendes. Confira o artigo. (EC)

 

Sintomas
por GABRIEL NOVIS NEVES

http://bar-do-bugre.blogspot.com.br/2012/12/sintomas.html

 

Nem sempre um sintoma significa uma patologia grave. Na maioria das vezes é consequência de uma defesa do nosso organismo perante uma agressão.

Basta valorizarmos esse alarme biológico para corrigi-lo, sem necessidade de uso de fármacos.

O nosso organismo é extremamente vulnerável à insatisfação, seja no trabalho, na família, na economia e nesse mar de lama em que vivemos, e que cada vez aumenta mais.

Outras vezes, um simples sintoma revela uma doença gravíssima.

Uma leve dorzinha no peito pode ser o sintoma de uma isquemia do miocárdio.

Citei um sintoma médico, assim como poderia pinçar sintomas sociais, econômicos, trabalhistas, afetivos e tantos outros.

Gostaria de pedir ajuda ao leitor sobre o significado da preferência do engenheiro responsável pelas necessárias obras da Copa do Mundo pela Secretaria de Obras do município.

As obras comandadas pelo engenheiro demissionário seriam entregues em curto prazo de tempo, coroando profissionalmente o engenheiro competente, trabalhador e honesto, nessa verdadeira revolução no nosso sistema modal.

Assumindo uma Secretaria de Obras de um município que tão bem ele conhece, cujo orçamento da prefeitura é inferior ao do VLT, que será inaugurado daqui a dezoito meses, fica difícil julgar esse sintoma como simples.

Então essa permuta do engenheiro das obras da Copa, todas de grande visibilidade e cuja conclusão é determinada pela FIFA para que Cuiabá receba os jogos, é um sintoma gravíssimo.

O discreto e trabalhador engenheiro para tomar essa decisão, que deixou muito mal o governo do Estado, talvez tenha recebido influência do poeta Vandré: “Quem sabe faz a hora, não espera acontecer”.

O excelente profissional sentiu que o convite honroso que recebera, seria uma boa oportunidade para sair – para não ficar como responsável pela não conclusão das obras da Copa.

A vaidade sem limite dos homens que se ofereceram para bancar obras caríssimas em um Estado pobre de recursos do Tesouro, e com necessidades básicas inadiáveis não atendidas, vai fazer com que não vejamos as obras da Copa concluídas.

Deixará sem dúvida algumas para o seu sucessor, um Estado falido e com problemas de toda ordem.

Ninguém costuma trocar o certo pelo duvidoso, especialmente em se tratando de obras públicas pagas pelo contribuinte.

Fiquei alegre e preocupado com essa decisão do engenheiro.

Alegre, porque o novo prefeito não poderia ser mais feliz na escolha, trazendo um profissional de currículo invejável para ajudá-lo na transformação de Cuiabá.

Preocupado, porque nenhum profissional correto deixaria por livre e espontânea vontade, ainda mais em sua cidade, um projeto quase concluído.

Essa permuta é um sintoma gravíssimo. É um forte indicador que as obras da Copa estão embananadas e sem os recursos necessários para atender todas as frentes de trabalho.

O governo federal só faz barulho.

Empenha verbas que nunca chegam a tempo útil para atender o cronograma do caderno da FIFA.

Recentemente foi publicada a situação das obras dos estádios nas doze cidades sedes. Recebemos a classificação de cinquenta por cento de conclusão da tal da Arena Pantanal.

Essa construção está sendo custeada com recursos estaduais e empréstimos que o governo fez para a conclusão de um futuro elefante de quase um bilhão de reais.

Torço para que tenha me equivocado nesse diagnóstico, pois amo Cuiabá.

Nasci nesta cidade, assim como meus filhos e netos. A minha mulher descansa na Piedade.

Se esse sacrifício de endividamento do Estado irá contribuir para seu desenvolvimento, é tarefa da história.


Gabriel Novis Neves, reitor fundador da UFMT, é médico em Cuiabá

3 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.193.143.226 - Responder

    Leia Gabrié e me diz,o que Marcelo Padeiro vai querer fazer na Secopa se já está tudo encaminhado??

    Uma comissão formada por engenheiros e arquitetos foi criada pela Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa) para fiscalizar as obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), modal escolhido para o transporte urbano, em Cuiabá e Várzea Grande para a Copa de 2014.

    A portaria que cria a comissão, de nº 089/2012, foi publicada no Diário Oficial que circula nesta sexta-feira (14). Dez pessoas integram a comissão de fiscalização, que terá como coordenador o arquiteto urbanista Carlos Henrique Rachid Maia de Andrade. A equipe é composta por três engenheiros civis, uma engenheira sanitarista, um engenheiro eletricista, agente de desenvolvimento econômico e social e quatro arquitetos urbanistas.

    De acordo com a Secopa, os profissionais serão responsáveis por acompanhar o andamento das obras nas duas cidades e preparar relatórios específicos sobre o cumprimento do cronograma do metrô de superfície.

    Leia mais Gabrié noticia de hoje!!!

    Com a Caixa, foi assinada a liberação da segunda parcela para a execução das obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), num total de R$ 727 milhões.

  2. - IP 187.53.137.200 - Responder

    O colunista é especializado em escrever estultices. O Midianews é especializado em publicar tolices. O resultado não podia ser outro: Um festival de bobagens.

  3. - IP 177.159.42.141 - Responder

    Simples assim,berinho da engeglobal e que padeiro ajudou a ganhar as obras da secopa,mandou ele para a prefeitura,para ajudar a referida empreiteira a ganhar as obras la.Abra os olhos mauro ,pensamos que o tempo de empreiteiro escolher secretario em mato grosso tinha passado!

Deixe uma resposta para Vicente Fernando Oliveira de Araújo    ( cancelar resposta )

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

4 × 4 =