GABRIEL NOVIS NEVES: Esse PT do alinhamento não é o PT da Marina Silva, Heloisa Helena, Serys e outras mulheres notáveis.

Chegar à Chapada é como chegar a um museu de artes. Suas esculturas maravilhosas, às vezes provocantes para os mais conservadores, estão localizadas após o Portão do Inferno, local mais perigoso da rodovia. Uma imensa rocha, de idade milionária, em forma de um fálico, constrange até hoje pessoas, e são motivos de perguntas infantis, querendo saber se aquilo é um bingolim - escreve Gabriel Novis

A despedida da senadora
POR GABRIEL NOVIS NEVES

A verdade sempre vence a mentira. Embora tardiamente, a população de Cuiabá ficou sabendo como dois dos réus do mensalão, com a ajuda de alguns companheiros locais, manobravam no sentido de impedir o nosso desenvolvimento.

O mais grave de tudo é que um dos serviçais dos condenados pelo Supremo Tribunal Federal, segundo a senadora, é o candidato dos mensaleiros a prefeito de Cuiabá.

Esse grupo exterminado pela justiça e opinião pública usou e abusou do seu autoritarismo quando no poder.

Esses nacionalmente conhecidos réus fincaram tentáculos profundos em nossa cidade, fazendo todo tipo de negociata criminosa. Sempre apoiados por três companheiros de confiança.

A senadora não era farinha desse saco, e sofreu todo tipo de humilhação para deixar o partido que ajudou a construir, coroando o seu esforço com a sua eleição para o Senado da República.

Foi a primeira senadora de Mato Grosso, contra a vontade dos réus e seus comparsas, segundo carta histórica de despedida da senadora do Partido dos Trabalhadores.

Esse PT do alinhamento não é o PT da Marina Silva, Heloisa Helena, Serys e outras mulheres notáveis.

O PT não gosta de militantes mulheres independentes. É um partido machista e preconceituoso.

Fiquei surpreso com a decisão correta, embora tardia, da senadora. Compreendo o que essa despedida representa para alguém que tem um profundo sentimento de ética.

Serys nunca exerceu o poder político apenas pelo poder, mas para, verdadeiramente, lutar pela utopia de melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Não falarei sobre os conhecidíssimos réus do mensalão, que nunca a colocaram como jogadora do seu time, pois a Rede Globo de Televisão já realizou o serviço.

Resta ao povo cuiabano refletir sobre a Carta da Senadora e decidir nas próximas eleições.

A população está ciente e alertada sobre quem é quem, por quem esteve sempre com eles.

O poder é do povo e em seu nome tem de ser exercido.

Serys ressuscitou a abandonada bandeira de defesa dos verdadeiros valores da nossa vida para governar.

Sinto alívio por saber que no nosso país a idolatria por criminosos, especialmente por ladrões do dinheiro público, está chegando ao fim e que ainda existe a possibilidade de ser um político ético.

Parabéns Senadora Serys pelo seu exemplo, que deverá ter seguidores!

Aos eleitores de Cuiabá, cuidado!

Abra o olho com o companheiro.

*Gabriel Novis Neves é médico obstetra, professor-fundador, primeiro reitor da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

12 − 3 =