FRANCISCO: “Não me agrada jovem que não protesta”

‘Não me agrada um jovem que não protesta’

: RIO DE JANEIRO, RJ, 28.07.2013: DESPEDIDA DO PAPA FRANCISCO - Papa Francisco ao lado do vice-presidete Michel Temmer, despede-se do Brasil em cerimônia na Base Aérea do Galeão. (Foto: Marcelo Fonseca/Brazil Photo Press/Folhapress)

Em entrevista ao repórter Gerson Camarotti, da GloboNews, Francisco comenta as manifestações de rua de junho no Brasil: “O jovem é essencialmente um inconformista. E isso é muito lindo! É preciso ouvir os jovens, dar-lhes lugares para se expressar, e cuidar para que não sejam manipulados”. Além disso, tocou em assuntos sensíveis para a Igreja Católica, como os escândalos no Vaticano e a perda de fiéis

 

247 – Antes de embarcar para o Vaticano, o Papa Francisco abordou assuntos delicados para a Igreja, como os escândalos no Vaticano e os desafios para atrair fiéis. Em entrevista ao repórter Gerson Camarotti, da GloboNews, ele comentou também a acolhida que teve no Brasil, durante a Jornada Mundial da Juventude, e deu mais uma vez lições de humildade.

Leia, a seguir, trechos da entrevista:

Brasil e Argentina “O povo brasileiro tem um grande coração. Quanto à rivalidade, creio que já está totalmente superada. Porque negociamos bem: o Papa é argentino e Deus é brasileiro.”

Pobreza x ostentação “Penso que temos que dar testemunho de uma certa simplicidade – eu diria, inclusive, de pobreza. O povo sente seu coração magoado quando nós, as pessoas consagradas, são apegadas a dinheiro.”

Perda de fiéis “Não saberia explicar esse fenômeno. Vou levantar uma hipótese. Pra mim é fundamental a proximidade da Igreja. Porque a Igreja é mãe, e nem você nem eu conhecemos uma mãe por correspondência. A mãe… dá carinho, toca, beija, ama. Quando a Igreja, ocupada com mil coisas, se descuida dessa proximidade, se descuida disso e só se comunica com documentos, é como uma mãe que se comunica com seu filho por carta. Não sei se foi isso o que aconteceu no Brasil. Não sei, mas sei que em alguns lugares da Argentina que conheço isso aconteceu.”

Escândalos no Vaticano “Agora mesmo, temos um escândalo de transferência de 10 ou 20 milhões de dólares de monsenhor. Belo favor faz esse senhor à Igreja, não é? Mas é preciso reconhecer que ele agiu mal, e a Igreja tem que dar a ele a punição que merece, pois agiu mal. No momento do conclave, antes temos o que chamamos congregações gerais – uma semana de reuniões dos cardeais. Naquela ocasião, falamos claramente dos problemas. Falamos de tudo. Porque estávamos sozinhos, e para saber qual era a realidade e traçar o perfil do novo Papa. E dali saíram problemas sérios, derivados em parte de tudo o que vocês conhecem: do Vatileaks e assim por diante. Havia problemas de escândalos. Mas também havia os santos. Esses homens que deram sua vida para trabalhar pela Igreja de maneira silenciosa no Conselho Apostólico.”

Jovens “Com toda a franqueza lhe digo: não sei bem por que os jovens estão protestando. Esse é o primeiro ponto. Segundo ponto: um jovem que não protesta não me agrada. Porque o jovem tem a ilusão da utopia, e a utopia não é sempre ruim. A utopia é respirar e olhar adiante. O jovem é mais espontâneo, não tem tanta experiência de vida, é verdade. Mas às vezes a experiência nos freia. E ele tem mais energia para defender suas ideias. O jovem é essencialmente um inconformista. E isso é muito lindo! É preciso ouvir os jovens, dar-lhes lugares para se expressar, e cuidar para que não sejam manipulados.”

Contra a Globo pode?

:

Globo tenta reforçar uma mensagem política do papa Francisco em sua passagem pelo Brasil; perguntado sobre os protestos que tomaram as ruas, ele afirmou que “o jovem que não protesta não me agrada”; manchete desta segunda destaca estímulo papal aos protestos; mas será que isso vale também para as diversas manifestações contra a Globo e a sua capacidade de manipulação?

 

247 – Em sua passagem pelo Brasil, o Papa Francisco quebrou o protocolo, foi ao contato da multidão no Rio de Janeiro, criticou a corrupção, rechaçou a legalização da maconha e chamou os jovens às ruas para se exprimir. O tom politizado de seu discurso foi explorado em seu último momento em solo brasileiro pela Globo. Questionado pelo repórter Gerson Camarotti, da GloboNews, sobre os protestos de junho que tomaram as ruas do Brasil, o Papa incentivou manifestações mas fez um alerta contra a manipulação:

“Com toda a franqueza lhe digo: não sei bem por que os jovens estão protestando. Esse é o primeiro ponto. Segundo ponto: um jovem que não protesta não me agrada. Porque o jovem tem a ilusão da utopia, e a utopia não é sempre ruim. A utopia é respirar e olhar adiante. O jovem é mais espontâneo, não tem tanta experiência de vida, é verdade. Mas às vezes a experiência nos freia. E ele tem mais energia para defender suas ideias. O jovem é essencialmente um inconformista. E isso é muito lindo! É preciso ouvir os jovens, dar-lhes lugares para se expressar, e cuidar para que não sejam manipulados.”

Será que isso vale também para as diversas manifestações contra a Globo e a sua capacidade de manipulação?

Durante os protestos de junho, a emissora foi alvo da Marcha Ocupe a Rede Globo, evento confirmado por mais de 2 milhões de internautas pelo Facebook. Na mesma época, foi revelado um caso de sonegação de impostos da empresa, em um processo que corria em segredo de Justiça até ser vazado ao jornalista Miguel do Rosário, editor do blog O Cafezinho. “A dívida é a soma do impostos mais juros e multa, resultantes de um auto de infração no qual a Receita detectou a intenção da Globo de fraudar o fisco. Em valores atualizados, chegaria perto de R$ 1 bilhão.”

2 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.59.58.35 - Responder

    Protestar contra o que ?Isso mesmo,o que a Globo fez? É preciso ser claro.A única emissora que tem no BRASIL a coragem de denunciar com provas,desmandos dos 3 poderes não merece essa sacanaghem que parte da imprensa e dos blogs estão tentando fazer : desacreditar-la .Porque este blog não faz como a globo,e publica seus compromissos jornalísticos e editoriais.Enock você está rasgando sua história com este nhe nhe de currutela,todos nos dias dando guarita a pessos desprovidas de conteúdo sério e isento!

  2. - IP 189.59.58.35 - Responder

    Digo e repito,a hostilidades contra a globo é de uma minoria,pilotada por dois ex-globais:paulo Henrique amorim e franklim Martins.Inveja ,mata!

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

4 × cinco =