Em votação indireta, OAB define lista sextupla para desembargador do TRT

Em escolha indireta (só votaram os integrantes do Conselho Seccional e não o conjunto da categoria, como propôs o Movimento pela OAB Democrática), a Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso definiu, nesta segunda-feira, os seis nomes para a lista sêxtupla a ser encaminhada ao Tribunal Regional do Trabalho-23ª Região para o procedimento de preenchimento da vaga de desembargador pelo quinto constitucional.

Os advogados e advogadas  escolhidos foram: Ednaldo de Carvalho Aguiar (19 votos), Maria Beatriz Theodoro Gomes, Lourivaldo Fernandes Stringheta, Marcos Dantas Teixeira (18 VOTOS), Clara de Holleben Leite Muniz e Selma Cristina Flores Catalan (16 votos) .

Os seis nomes serão submetidos, agora, ao pleno do TRT que definirá a lista tríplice a ser encaminhada ao presidente Luis Inácio Lula da Silva para a escolha do novo desembargador. Ao contrário do que aconteceu na recente escolha do novo titular da Procuradoria do Ministério Público – quando todos os candidatos assinaram um compromisso de que só aceitariam a nomeação do primeiro nome da lista tríplice – não tem noticia de um compromisso semelhante entre os advogados e a nomeação do novo desembargador passa a depender, daqui pra frente, da capacidade de articulação política (dentro do TRT e, depois, junto à Presidência da República) dos candidatos e seus patrocinadores.

Da Redação, com informações e foto da assessoria de imprensa da OAB-MT

Categorias:Cidadania

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

18 + 9 =