PREFEITURA SANEAMENTO

EM FAMÍLIA: Silval pode entregar Cultura a Janete Riva

Janete Riva, esposa do todo poderoso Geraldo Riva, sogra de um filho do governador, pode virar secretaria de Cultura no governo de Silval, segundo aventa o deputado Eliene Lima

Republicanos ficarão com 5; PSD, com 3

KAMILA ARRUDA
DO DIARIO DE CUIABÁ

O PR ficará com cinco secretarias no primeiro escalão estadual. A Executiva da legenda se reúne no início da próxima semana para definir os nomes dos que serão indicados para as secretarias de Administração (SAD), Indústria e Comércio, Esportes e Infraestrutura (Sinfra). A Casa Civil ainda está em negociação com o governador Silval Barbosa (PMDB). A informação é do presidente do diretório da legenda em Mato Grosso, depurado federal Wellington Fagundes.

De acordo com ele, após a definição, Silval será comunicado de imediato para avalizar as indicações. “Nomes, nós não definimos nada ainda porque a nossa ideia é fazer alguns remanejamentos. Achamos que é importante este remanejamento, para dar novos ares, novas ideias. O ideal é que o técnico tenha visão política, e o político tenha visão técnica. Essa história de técnico e político eu não vejo como separar, e o PR tem nomes assim. Essa é a melhor situação. Vamos nos reunir na segunda ou terça para resolver esta questão”.

Além disso, os republicanos aguardam a definição do governador quanto à Casa Civil e a Secretaria de Meio Ambiente (Sema). “Na Casa Civil e na Sema o governador está definindo ainda. Em princípio, a Sema sairia do PR e a Casa Civil viria, faríamos uma troca”.

Desta forma, os nomes mais cotados para assumir o comando da Casa Civil no lugar de José Lacerda é o do atual secretário de Administração César Zílio e o de Indústria e Comércio, Pedro Nadaf. Lacerda, por sua vez, seria remanejado para a Sema, hoje comandada por Vicente Falcão, considerado “cota” republicana. “César Zílio entendemos que é um bom nome, que ele tem grande capacidade. Ele é um coringa do partido. É uma pessoa preparada”.

Além disso, o parlamentar afirma que o partido também abriu mão do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea), que passa para a responsabilidade do PSD, assim com a Empaer. O deputado federal Eliene Lima (PSD) afirma que também reivindicou a indicação da Secretaria Adjunta de Mediação Tecnológica.

“Eu pessoalmente reivindiquei a indicação da Secretaria Adjunta de Mediação Tecnológica pra continuar o projeto que eu instalei, levando cursos, preparação para o Enem, cursos do TCE, da Secretaria de Saúde. Na Mediação Tecnológica eu reivindiquei a indicação do Adriano Brenie, ex-secretário de Ciência e Tecnologia”.

No que diz respeito aos cargos no primeiro escalão, os sociais-democratas devem ser contemplados apenas com três Pastas: Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), Cidades e Cultura. Entretanto, o deputado federal Eliene Lima garante que a legenda ainda não bateu o martelo quanto aos nomes.

“Já é de conhecimento público as conversações. Existem tendências. O vice-governador e o presidente do nosso partido, Chico Daltro, tem uma tendência a assumir a Secretaria de Cidades. O atual presidente da AMM, Meraldo Sá, na Sedraf. Eu só não ouvi a dona Janete Riva. O nome dela foi ventilado, mas ainda não sei a opinião dela própria para Cultura”

6 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 179.225.29.27 - Responder

    Desse governicho do Silval, tudo de pior se pode esperar. Mas uma tabaroa cafona, latifundiária, acusada de crimes ambientais, sem formação apropriada, virar secretária de cultura, é muita vergonha pára o povo de Mato Grosso!

    • - IP 189.31.39.155 - Responder

      Que nada Ademar , pelo nível educacional desse que por obra do magggico virou governador; essa uma aí tem tudo para ser uma secretária de cultura à altura de nosso desgoverno.

  2. - IP 201.49.165.95 - Responder

    Fim do mundo isso que da vota em povo de fora bem feito.
    Vergonhoso,

  3. - IP 177.65.150.135 - Responder

    A Sra. Janete Riva assumirá o cargo de secretaria de Cultura por capacidade técnica e política, ou porque é esposa do deputado José Riva? Acho que o fato dispensa maiores comentários, pois a opinião pública já entendeu o espírito do governo de Silval Barbosa, que pela decisão de nomear esposas de parlamentares para ocupar secretarias de Estado (a secretaria de Turismo é outro exemplo), cai, cada cada vez mais, no descrédito. A negociata de cargos como se a administração pública fosse propriedade de seus ocupantes joga por terra a conversa fiada de compor os cargos de primeiro escalação com gente que tenha capacidade técnica e méritos políticos. O que predomina, na verdade, são outros critérios e interesses, fatores responsáveis pelos desmandos e escândalos que indignam a opinião pública. Parodiando o poeta, amanhã será um novo dia, apesar dos abutres que hoje ocupam o poder e se fartam na carniça podre das trapaças e corrupção.

  4. - IP 201.49.165.95 - Responder

    Vergonhoso………………. tem tantos nomes bons. Ex Jaime Okamura, Vera Randaze, e outros .

  5. - IP 187.113.45.43 - Responder

    Cada povo tem o governo que merece. Elegeram um Pilantra

Deixe uma resposta para caraalves    ( cancelar resposta )

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

1 × 3 =