PREFEITURA SANEAMENTO

Em agosto de 2010, Sérgio Ricardo fez biquinho: “Mereço respeito, Enock Cavalcanti. Quem foi que disse que vou comprar televisão?” Agora, neste ano de 2012, Sérgio aparece controlando canal 27. E Midia Jur pede investigação do MP sobre montagem da torre

O tempo passa, o tempo voa – e alguns políticos de Mato Grosso continuam enriquecendo numa boa. Agora, o novo barão da comunicação em nossa hospitaleira capital é o jornalista e deputado estadual Sérgio Ricardo (PR), que está assumindo, juntamente com familiares, o controle da TV Mato Grosso, canal 27 em Cuiabá. Sérgio Ricardo é o novo Maksuês Leite da praça.

Em 2010, quando está PÁGINA DO E anunciava que Sérgio Ricardo estava comprando uma emissora de televisão, em Cuiabá, ele fez biquinho e reagiu com furor (releia a matéria no link abaixo). Agora, Sérgio Ricardo deixou a Band do empresário Luiz Carlos Becare e se transferiu com mala e cuia para o canal 27, TV Mato Grosso que, segundo informa o Midia News, pertence à familia deste deputado-jornalista que sempre fez muita questão de manter excesso de exposição na mídia.

Quanto é que custa uma emissora de televisão? De onde é que vem tanto dinheiro? O fato de Sérgio Ricardo formar dobradinha com Geraldo Riva no comando da Assembléia pode ser um ponto de partida para esclarecer esta e outras perguntas – há que se investigar.

Um esclarecimento que, sem dúvida nenhuma, deveria ser assumido pelo Ministério Público (Federal ou Estadual) que, há tempo, anda devendo à comunidade de Mato Grosso uma acurada investigação sobre o troca-troca no comando das emissoras de televisão em Cuiabá que, no passado, já nos deu o Secomgate, protagonizado por figuras como João Dorileo Leal, Dante de Oliveira e Antero Paes de Barros e, mais recentemente, teria colocado a TV Estrela, canal 17, sob a influência do secretário da Secopa, Éder Moraes, segundo informações que correm no mercado da Comunicação.

Para agravar a situação, os procuradores da República e os promotores de Justiça devem ler com cuidado o que publica, nesta sexta-feira, o site Midia Jur, texto que, imagino eu, já funciona como denúncia. Como todo mundo sabe que o site do jornalista Ramon Monteagudo não prega prego sem estopa, os esclarecimentos se fazem mais do que necessários:

"Alô MPE

Empresa constrói torre da TV AL e, depois, de deputado

A empresa Multimetal, que tem sede em Várzea Grande, é a responsável pela montagem da torre TV Mato Grosso (afliada à Rede Brasil), canal 27 de Cuiabá, que está sendo erguida no bairro Araés, quase em frente à TV Centro América (afliada à Rede Globo). A emissora pertence à família do deputado estadual Sérgio Ricardo, primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. O que chama atenção é que a montagem da torre acontece poucos meses após a entrega da nova torre da TV Assembleia, que também foi montada pela Multimetal.

O Ministério Público Estadual (MPE), por razões óbvias, e por precaução, poderia ficar de olho nesses dois contratos…

——

REVEJA COMO SÉRGIO RICARDO NEGAVA O CONTROLE DE TV EM 2010

http://paginadoenock.com.br/home/post/6927

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 200.17.60.247 - Responder

    O povo que o colocou várias vezes no poder é que é besta!! Enricou tanto que parou de vender carro na “pedra” e agora terá emissora de Televisão… Continua colocando Riva, Carlos Brito e outras raridades na assembléia…Tem politico que quer TV e quem tem TV, quer ser político, cuidado povo….

  2. - IP 189.53.37.89 - Responder

    Esse Sergio Ricardo devia ligar o “desconfiômetro” e sair de cena. Eta cara antipático e chato. Será que a mulher dele ainda aguenta a chatisse dele?

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

vinte + dezessete =