ELITE PREDADORA: Reforma dos banheiros de Joaquim Barbosa custará R$ 90 mil

A reportagem sobre o banheiro nababesco de Joaquim Barbosa começou a ser feita pelo jornal O Estado de S. Paulo. Depois que o ministro entrou em crise e xingou o repórter Felipe Recondo, o Estadão abandonou a pauta para agradar o chefão do STF. Matéria acabou sendo apurada pela Folha de S. Paulo

O jornal Folha de S. Paulo publica reportagem que vinha sendo apurada por Felipe Recondo, do Estadão, que foi chamado de “palhaço” pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, e ainda assim engavetou sua apuração; STF irá gastar uma pequena fortuna para colocar materiais de primeira qualidade, em mármore e granito, nos banheiros do apartamento funcional de 523 metros quadrados, em Brasília; Barbosa também terá uma adega de luxo; como diria o conde de Buffon, “o estilo é o homem”

247 – Incumbido de cobrir o Poder Judiciário para o jornal Estado de S. Paulo, o repórter Felipe Recondo foi chamado de “palhaço” e acusado de chafurdar no lixo, pelo presidente do Supremo Tribunal, Joaquim Barbosa, quando se dedicava a apurar gastos determinados pela presidência da suprema corte. Num capítulo que envergonha a história do jornal, o Estadão decidiu não comprar a briga com o presidente da suprema corte, que, para os Mesquita, deveria ser mantido no pedestal de herói por ter conduzido o julgamento da Ação Penal 470 e, especialmente, por ter liderado a condenação de lideranças do PT, como José Dirceu e José Genoino.

Um dos pontos da reportagem de Recondo, engavetada pelo Estadão, era a reforma determinada pelo STF no apartamento funcional de Joaquim Barbosa – um imóvel de 523 metros quadrados, em Brasília, antes ocupado por Carlos Ayres Britto.

O tema, no entanto, foi retomado pela Folha, em sua edição deste sábado. E Barbosa, que critica gastos supostamente desnecessários do Poder Judiciário, decidiu gastar R$ 90 mil com a reforma de seus banheiros, pedindo peças de primeira qualidade, em mármore e granito.

Leia, abaixo, o texto de Andreza Matais e Rubens Valente:

STF gasta R$ 90 mil em reforma para Joaquim Barbosa

RUBENS VALENTE
ANDREZA MATAIS
DE BRASÍLIA

O STF (Supremo Tribunal Federal) gastará R$ 90 mil para reformar, com material de “primeira qualidade”, os quatro banheiros do apartamento funcional que o presidente da corte, Joaquim Barbosa, ocupará a partir de julho.

O presidente do STF decidiu mudar do apartamento funcional que já ocupa na Asa Sul, em Brasília, para um mais amplo, de 523 metros quadrados, na mesma região.

A futura residência do ministro, com cinco quartos, quatro salas, biblioteca e adega, era ocupada até o final do ano passado pelo ministro Ayres Britto, que se aposentou do STF em novembro

Do total da obra, R$ 78 mil serão pagos à empresa que venceu um pregão eletrônico na semana passada e outros R$ 12 mil sairão de contratos com outras empresas já em andamento, na instalação de vidros, espelhos e uma banheira, que será adquirida, segundo o STF, com recursos próprios de Barbosa.

O primeiro valor equivale ao custo total da construção de uma residência de 32 metros quadrados do programa Minha Casa Minha Vida.

O edital do pregão prevê a aquisição de 23 peças em mármore e granito por R$ 15,5 mil. Um terço desse valor irá para uma prateleira e uma bancada. Assento e tampo dos quatro vasos sanitários custarão R$ 396 cada.

Na presidência do STF e do CNJ, Barbosa adota um rigoroso discurso de contenção de despesas do Judiciário.

Na semana passada, envolveu-se em polêmica com entidades de juízes, ao criticar gastos desnecessários com a criação de Tribunais Regionais Federais.

Segundo o STF, a reforma será feita por conta do “desgaste pelo tempo de uso”. A corte nega que tenha partido de Barbosa a ordem para a reforma, mas não apontou o responsável pelo lançamento do edital, ocorrido durante a atual gestão.

De acordo com a assessoria, a exigência de materiais de “primeira qualidade, sem manchas, defeitos ou imperfeições” foi feita “para evitar o fornecimento de materiais inadequados ou de qualidade duvidosa”.

6 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.23.163.113 - Responder

    Kkkkkkkkkkkkkkkkk santa hipocrisia kkkkkkkk o ‘pum’ de ouuuuuro kkkk

  2. - IP 189.10.9.35 - Responder

    Em sendo verdade ; há de se apurar o seguinte:
    1-É veridico? 2 – Existe um projeto que pede tudo o que se gastará? 3 – Como é o banheiro de renan calheiros? 4 – Como é o banheiro de henrique eduardo alves? 5 – Como é o banheiro de dillma ??
    Ora que materiazinha cretina , 90 mil reais para obras em apartamentos funcionais me Brasilia é nada . Lá naquela terra onde brota ouro , tudo , tudo é carissímo , e usar o Joaquim Barbosa num joguinho tosco desses é puro desespero de petralhas .

  3. - IP 177.64.224.170 - Responder

    ha, ha, o joaquim barbosa pode continuar cagando na cabeça de contribuintes como esse tucano roberto ruas que ele não reage. ele apanha dos poderosos e gossstcha….

  4. - IP 179.225.11.251 - Responder

    O imovel e um bem publico. Esse senhor o estara ocupando provisoriamente. Uma residencia desse tamanho e valor merece sim um banheiro tipo A. Temo muito, e fico com os alertas ligados quando vejo um homem como esse que parece ser uma excessao…parece, eu disse…sendo atacado…isso pode explicar o fato de haver tantos bandidos de toga atuando sem punicao, apoiados por tantos…parece muito distante o dia em que nossa sociedade ira dar uma guinada rumo a um paradigma de decencia…e lamentavel a lama em que nos chafurdamos todos hoje…

    • - IP 187.72.228.2 - Responder

      Tentar enlamear a conduta limpa do sr. Joaquim barbosa com uma desculpa dessas é no mínimo é tentar manipular a opinião de pessoas desatentas aos fatos. O banheiro em questão não é do referido sr. e sim do imóvel funcional que ele ocupa no momento. Imóvel do mesmo padrão de tantos outros ocupados por políticos e funcionários do alto escalão governamental desde a fundação de Brasília.

  5. - IP 37.228.106.165 - Responder

    esse Ruas, alguem te paga para vc puxaq saco? Ou vc é algum maniaco por juizes, promotores e afins? Chega a dar medo de seus comentarios hipócritas.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

quatro × 4 =