ELEIÇÃO NA OAB: Comissão Eleitoral, por 3 a 2, atende a pedido do advogado Fábio Capilé e cassa registro da candidatura de Leonardo Campos acusado de abuso do poder econômico. Leonardo concede coletiva no inicio da votação, nesta sexta.

 

Fábio Capilé, professor, advogado, compositor, um ativista da Cultura e do Direito em Cuiabá. É candidato a presidente da OAB-MT na eleição desta sexta, 27

Fábio Capilé, professor, advogado, compositor, um ativista da Cultura e do Direito em Cuiabá. É candidato a presidente da OAB-MT na eleição desta sexta, 27

Comissão Eleitoral atende Fábio Capilé e cassa candidatura de Leonardo Campos

A chapa do advogado Leonardo Campos, que concorre à presidência da OAB-MT, acaba de ser cassada pela Comissão Eleitoral da OAB. Ele foi cassado por três votos a 2, sob a acusasção de abuso de poder econômico.

Como a eleição acontece amanhã (27), o nome de Leo Campos continuará na urna, mas eles não serão computados.

O julgamento que retirou Leo da disputa aconteceu na noite desta quinta-feira (26/11), um dia antes das eleições. O pedido que motivou a cassação foi feito pela Chapa 2 – Somos Todos OAB, liderada pelo advogado Fábio Capilé.

Na terça-feira, a Comissão Eleitoral da OAB de Mato Grosso resolveu retirar de pauta três representações assinadas pelos advogados Daniela Echeverria e Cristiano Diniz, do departamento jurídico da Chapa 2. Entre elas, estava a representação que pede a cassação do registro de candidatura de Leonardo Campos por abuso de poder econômico. A Chapa 2, então, recorreu à Comissão Eleitoral Nacional da OAB, que determinou o julgamento em 24 horas.

Nos termos da representação, Leonardo Campos e o conselheiro de sua chapa, Flaviano Kleber Taques Figueiredo, são acusados de fazer doações eleitoreiras para subseções da OAB-MT, dentro de período proibido pela legislação eleitoral — ou seja, a menos de 90 dias do pleito, inclusive, quando o candidato já estava licenciado da presidência da CAA-MT, o que fere o Provimento 146/2011 e demais normas que regulamentam a matéria. Entrre as doações estaria uma no valor de R$ 20 mil, a subseção de Peixoto de Azevedo.

A justificativa da Comissão Eleitoral da OAB-MT para retirar os processos de pauta foi a de que não haveria tempo hábil para a confecção dos votos. Entretanto, as representações não julgadas foram protocoladas em 3, 4 e 12 de novembro.

A Comissão Eleitoral Nacional da OAB reconheceu “a relevância” das “representações, que, confirmando-se a hipótese de procedência, ensejariam até mesmo a cassação do registro de uma das chapas representadas, violando-se, portanto, o processo eleitoral, por deslegitimar a disputa”.

Para a Comissão Eleitoral Nacional da OAB, “não se encontra justificativa plausível para a retirada dos processos de pauta, sendo inadequada, outrossim, a mera afirmação de que o relator não teria tido tempo para confeccionar os seus votos”. Desta forma, para garantir a lisura e transparência do pleito, a Comissão Eleitoral Nacional deu prazo de 24 horas para a Comissão Eleitoral da OAB-MT julgar o assunto. O prazo se encerra nesta quinta-feira (26/11). A decisão é de quarta-feira (25/11). (Com Assessoria)

DO BLOG DO ANTERO
————-

NOTA PÚBLICA DA CHAPA DE LEONARDO CAMPOS

A chapa ‘Advogar Por Todos Liderar Pela Ordem’ vem a público informar que o candidato Leonardo Campos mantem-se no pleito que será disputado nesta sexta-feira (27). A garantia foi dada pelo presidente da Comissão Eleitoral da OAB-MT, Silvano Macedo. A assessoria jurídica do candidato já tomou as medidas cabíveis para reverter essa decisão junto aos órgãos competentes.

O candidato a presidente da OAB-MT, Leonardo Campos, concede entrevista coletiva para a imprensa nesta sexta-feira (27), às 8h30, em frente à sede da instituição. Em seguida, às 9h, ele se encaminhará para votar.

Categorias:Jogo do Poder

3 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - Responder

    Fora, golpismo!!! Por que não fizeram isso antes? Eu não ia votar no Léo, mas, diante dessa atitude fascista, já mudei o meu voto!

  2. - Responder

    Toda essa bagunça para o pleito de um Cargo que não é REMUNERADO. Gastam muito dinheiro a troco de quê? O que tem por trás da eleição da OAB que meus olhos ainda não enxergaram?

  3. - Responder

    Fala que o Leo ta dentro agora Enooockkk

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

14 − treze =