ELARMIN MIRANDA: Maurício Aude, que lidera a chapa 1, é jovem, tem conteúdo, tem história na OAB

Elarmin Miranda defende a chapa 1 e a candidatura de Maurício Aude na disputa na OAB

Das Eleições na OAB
POR ELARMIN MIRANDA

A Ordem dos Advogados do Brasil foi criada em 1930, portanto, há mais de oitenta anos desempenha papel relevantíssimo na vida política da nação, quer quando se opôs à ditadura de Vargas, quer quando resistiu à quartelada de 1964, quer quando resistiu à parte raivosa do Poder Judiciário, que defendia a não criação
do Conselho Nacional de Justiça CNJ.

Durante a quartelada de 1964, os Poderes, inclusive o Ministério Público, que deveriam defender o império da lei, apequenaram-se. A OAB resistiu, em posição ereta, com a Constituição da Republica na mão.
No dia 23 próximo, as Seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil vinte e sete -, inclusive a do nosso Estado, terão seus quadros renovados.

A renovação, neste terreno, não guarda relação com a idade, mas deve se pautar pela renovação, no campo do pensamento, do campo do ideário político da Ordem, no campo das liberdades democráticas, da moralidade pública, da transparência, do apenamento justo aos criminosos, políticos, juízes, negros, brancos, índios e prostitutas,
pois a norma jurídica é abstrata e, por isso não se dirige, para ter aplicabilidade a alguns e excluir a casta social.

O Supremo Tribunal Federal cumpre seu papel, hoje, nesse sentido. A eleição, motivada pela espacejar do tempo, não pode ter como mote de campanha a renovação, pela idade do tempo, mas, sim, renovar os princípios da função institucional da Ordem, ampliando o sacrossanto dever de brandir a espada, em defesa da Legalidade, em não se curvar aos desmandos do Judiciário e em reagir, com Estatuto da Advocacia na mão, quando forem violadas asnossas prerrogativas, com a consciência sempre renovada que a OAB/Mato Grosso, tem acento à mesa do Judiciário, do Executivo e do Legislativo, em igualdade de condições, sem subordinação.

A OAB Mato Grosso assim age, assim tem agido, mas precisa avançar, mais e mais, reagindo àqueles que querem amesquinhar as nossas garantias e prerrogativas profissionais, discutindo, de forma pública, por ser dever institucional, o atravancamento do Judiciário, notadamente nas maiores Comarcas do Estado, onde a prestação
jurisdicional é capenga.

É necessário que a OAB/Mato Grosso, amplie e acentue a fiscalização sobre o funcionamento das faculdades de Direito, não raro, grande parte despreparadas para o ensino, devendo, ao mesmo tempo, proteger o jovem advogado, facultando-lhe, sem custos, cursos sólidos de aperfeiçoamento, com módulos regulares, orientando-os e encaminhando-os, para que, por causa do sistema, a frustração com a profissão não lhes invada a alma e se transmude em desesperança, pois em nada colaboraram para a corrupção do ensino do Direito.

Maurício Aude, que lidera a “Chapa 01” para as eleições próximas, encarna esses predicados, qualidades dos homens velhos e jovens de independência moral.

É jovem, tem conteúdo, tem história na OAB e esses princípios, como a renovação no campo do pensamento ideário da OAB, tem sustentado em reuniões públicas, o que nos autoriza a cobrá-lo, caso não honradas.

O Conselho Federal da OAB é formado pelos ex-presidentes nacionais, eleitos até 2004, e pelos Delegados das Seccionais, em número de três, com competência para deliberar, em caráter nacional, sobre as finalidades institucionais da OAB.

Os nomes, que integram o Conselho Federal, da “Chapa 01”, são os advogados Claudio Stábile Ribeiro, Duilio Piato e
Francisco Eduardo Torres Sgaib (Chico Sgaib), sólidos profissionais, comedidos, que nunca se abaterão diante das tempestades e não serão renitentes na defesa das prerrogativas dos Advogados, dos princípios da legalidade e dos jovens inscritos na OAB, que devem ser incorporados, com dignidade, ao mundo jurídico, com urgência.

A Ordem dos Advogados Seccional de Mato Grosso – deve avançar com Maurício Aude, não só pela sua juventude e pelos seus sonhos, mas, sim, pelas propostas que defende, pela solidez dos nomes que integram a “Chapa 01”.

É tempo de avançar, com ideias jovens, propostas factíveis, aprimoramento do que já foi construído.

ELARMIN MIRANDA É ADVOGADO

4 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.41.90.43 - Responder

    Não consigo entender esse senhor Elarmin.
    Um dia, vai a uma pizzaria de Cuiabá para se lançar candidato de oposição
    No outro, está em almoços e jantares com o pessoal da situação.
    Desse jeito, Elarmin, reze pra ter espaço daqui há 3 anos – seu jogo tá manjado.

  2. - IP 177.41.91.109 - Responder

    Caro Elarmin, presenciei seu discurso inflamado na pizzaria Ritorna em meados deste ano criticando com duras palavras a situação da OAB comandada pela atual gestão. Na ocasição, a sua frase “a OAB/MT não é de poucos escritórios, mas sim de todos os advogados” chegou a tocar meu sentimento classista de amor pela instituição. Agora não consigo entender seu texto, com o devido respeito.

  3. - IP 201.67.114.244 - Responder

    ESSE CIDADÃO SE ACHA CACIQUE……NEM COCAR ELE TEM PARA ISSO…..

  4. - IP 201.67.114.244 - Responder

    ESSE CIDADÃO SE ACHA CACIQUE……NEM COCAR ELE TEM PARA ISSO…..Kkkkkkk

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

onze − nove =