Mato Grosso é governado por Pedro Taques (PSDB e antes PDT) desde 1º de janeiro de 2015. Já se passaram 3 anos, 8 meses e 21 dias de sua administração. Faltam exatos 100 dias para que ele entregue a chave do Palácio Paiaguás ao sucessor ou que inicie seu segundo mandato consecutivo, caso seja reeleito em primeiro turno no dia 7 de outubro – ou até mesmo em segundo turno, em 27 daquele mês.

Nenhum texto pode definir melhor o governo de Pedro do que a reflexão do mato-grossense.

Reflita sobre o período de Pedro no poder. Avalie sua administração, sua relação institucional com os poderes, sua conduta com a classe politica e com os fornecedores do governo.

Reflita. Reflita bem sobre sua relação com os servidores públicos.

Reflita sobre Grampolândia Pantaneira.

Reflita sobre os escândalos na Secretaria de Educação e no Detran.

Reflita sobre os atrasos nos repasses dos recursos da Saúde, Educação e Fethab aos municípios.

Reflita sobre os atrasos dos repasses do duodécimo aos poderes.

Reflita sobre as prisões de secretários de Taques.

Reflita sobre as delações feitas por Permínio Pinto, Giovani Guizardi, Silval Barbosa e Alan Malouf.

Reflita. Discuta em grupo com parentes e amigos. Fale e ouça sobre o governo Pedro.

É tempo de reflexão.

É tempo de começar nova era a partir de 2019.

Defina se Pedro deve ou não permanecer no poder.

Reflita por você, pelos seus, por nós e Mato Grosso

 

Eduardo Gomes – editor de boamidia

FOTO: Assessoria de campanha de Pedro Taques