PREFEITURA SANEAMENTO

EDMILSON MACIEL: “Kleber não tem como ser pior que o maestro Leandro Carvalho”

Edmilson Maciel (Foto: Reprodução)

VANESSA MORENO
PÁGINA DO E

O governador Pedro Taques oficializou a exoneração do maestro Leandro Carvalho do cargo de secretário de Estado de Cultura, após quase um mês do anúncio de sua saída. Em seu lugar assume o atual secretário de Comunicação do Estado, Kleber Lima, que foi escolhido como novo secretário da pasta de Cultura pelo governador.

Leandro Carvalho deixou a SEC para participar de um programa de formação de lideranças, durante seis meses, na Inglaterra.

A alteração tem gerado grandes expectativas no meio cultural em Mato Grosso. Edmilson Maciel, um dos grandes ícones da cultura mato-grossense, comemora a mudança, pois, na sua opinião, Leandro Carvalho não foi um bom secretário. “Ele pode ser técnico, cheio de burocracias, mas a cultura e o pessoal que vive da cultura, que depende de projetos, que fazem as coisas acontecerem em Mato Grosso, não tiveram acesso à secretaria”, lamenta Edmilson, que destaca ainda que apenas alguns grupos do meio cultural tiveram privilégios no atendimento da SEC.

“Ele vislumbrou demais a orquestra dele, grupinhos fechados e isso ficou muito explícito, ninguém falava porque não era o momento para falar, porque se não poderia sofrer retaliação e isso não é legal para um governo”, destaca o artista. Leandro Carvalho é maestro da Orquestra de Mato Grosso, que, segundo dados divulgados no Sistema Integrado de Planejamento, Contabilidade e Finanças do Estado (Fiplan), foi contratada pela SEC por valores altos.

“Na minha opinião, o Kleber não tem como ser pior que o ex-secretário maestro Leandro Carvalho “, afirma Edmilson.

Edmilson confessa que ficou feliz com a saída do maestro do comando da pasta de Cultura por não ter tido acesso à secretaria durante a sua gestão, além da dificuldade em implementar qualquer projeto nos moldes da SEC. “Nós ainda não estamos preparados para uma gestão tão burocrática”, afirma.

“O Kleber é teoricamente uma pessoa acessível, até porque ele é mais popular, é uma pessoa que gosta de festa, que gosta de eventos, que gosta da cultura em geral, porque eu já vi ele em eventos diversos”, afirma Edmilson. Já Leandro Carvalho, de acordo com Edmilson, não participava de eventos culturais que não fosse clássico ou erudito e quando participava, não passava de cinco minutos no local. “Acho que quem fica numa pasta dessa tem que gostar, tem que se entregar, é o que eu espero do Kleber”, completa.

Kleber Lima assume a Secretaria de Estado de Cultura nesta segunda-feira. “Eu estou botando fé”, comemora Edmilson. “Eu espero que o Kleber mude muita coisa lá, que as pessoas que vão nos atender, nos atenda como artistas, porque o artista é diferente, o ego é diferente, eu quero chegar numa secretaria de cultura e ser atendido como artistas”, essa é a dica de Edmilson para o novo secretário.

Edmilson Maciel é mato-grossense, natural de Nortelândia e criado em Tangará da Serra. É vocalista da famosa Banda Terra, cantor solo e há 15 anos integra o grupo folclórico de siriri Flor Ribeirinha, onde também é vocalista, além de diretor musical. Edmilson também atua nas artes cênicas.

 

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

quatro × quatro =