BANNER GOVERNO HOJE EU VEJO MARÇO

EU SEI O QUE NÓS FIZEMOS NO VERÃO PASSADO – Éder, que é cria de Blairo Maggi, conhece o Blairo Maggi – e garante que maquinários, precatórios e pagamentos privilegiados a empreiteiras são escândalos com a digital de Blairo Maggi.

Éder pesa sobre a campanha de Lúdio mas segue detonando com Blairo, que pesa sobre a campanha de Mauro Mendes.

Éder “espanca” Blairo Maggi
Por Mauro Camargo
A cria volta-se contra o criador. Éder Moraes, todos sabem, ingressou na vida pública pelas mãos do ex-governador Blairo Maggi (PR). Presidiu o MT Fomento, foi secretário de Fazenda, chefe da Casa Civil e presidente da extinta Secopa. Ninguém no governo Maggi foi tão prestigiado, nem teve tanto poder. Pois Éder veio a público hoje para “espancar” o padrinho e ex-tutor.

Na última sexta-feira, no programa eleitoral do candidato Mauro Mendes (PSB), Blairo Maggi afirmou que durante seu governo nunca atrasou repasses da saúde aos municípios nem ao MT Saúde. Em entrevista à Imprensa, Éder condenou Blairo Maggi pela declaração.  E, pasmem, acusou Blairo de ser responsável pela crise financeira enfrentada hoje pelo governo de Silval Barbosa (PMDB). Éder disse com todas as letras que Blairo sucateou a saúde pública em Cuiabá, que comprou hospitais privados para mantê-los fechados.

Éder foi mais além: afirmou que Blairo assumiu e efetivou compromissos que comprometeram as finanças estaduais. Que deixou como herança o rombo nas contas públicas, estimado por Silval (mas nunca antes atribuído a Maggi) em R$ 1 bilhão de reais.

Nas entrelinhas, Éder Moraes responsabilizou Blairo pelos escândalos que abalaram as finanças públicas: os precatórios, os maquinários, os pagamentos de dívidas judicializadas de empreiteiras e outros descalabros.

Pela primeira vez um membro da turma da botina atribui ao ex-governador a responsabilidade por desmandos e mal feitos. Nem Silval Barbosa, que paga a conta do desgaste da inadimplência do Estado em sepulcral silêncio, se permitiu a tamanha deslealdade.

Éder abriu a boca. Atacou Blairo como nenhum adversário político jamais fez. A guerra está declarada.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

oito − 6 =