gonçalves cordeiro

ECONOMISTA JOÃO PEDRO STÉDILE avalia que a direita brasileira pode até usar a ferramenta do impeachment como uma das armas para promover o desgaste do governo e do PT, mas prefere investir numa operação de “sangramento” de Dilma e do partido para tentar eleger Geraldo Alckmin (PSDB) legitimamente em 2018

Categorias:Cidadania

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.114.54.4 - Responder

    Esse vagabundo,viveu a vida inteira chantageando o governo ,para tomar verbas publicas,e quando a coisa aperta ele ameaça promover invasões em massa por todo o país.Aí já viu né, sai rapidinho a grana do malandro, que nunca pegou em uma enxada siquer .

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

vinte + 16 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.