Dos grandes partidos, PT foi o único a ganhar filiados desde junho de 2013. Nestes quase dois anos, foram cadastrados 17 mil novos petistas de carteirinha. No mesmo período, o PMDB perdeu 3,2 mil filiados, o PP perdeu 2,3 mil, o PSDB registrou a saída de 6,2 mil tucanos e o PDT se despediu de 3,8 mil adeptos

Dos grandes partidos, PT foi o único a ganhar filiados desde junho de 2013

MARCELO SPERANDIO,  na revista Época
O presidente do PT, Rui Falcão (Foto: Alice Vergueiro/Futura Press/Estadão Conteúdo)

O PT tem um novo argumento para combater o desgaste político e o antipetismo aferido pelos institutos de pesquisas. Eis o discurso:desde as manifestações de junho de 2013, o PT foi o único dos grandes partidos que viu o seu número de filiados aumentar.Nestes quase dois anos, foram cadastrados 17 mil novos petistas de carteirinha. No mesmo período, o PMDB perdeu 3,2 mil filiados, o PP perdeu 2,3 mil, o PSDB registrou a saída de 6,2 mil tucanos e o PDT se despediu de 3,8 mil adeptos. Juntos, PSDB, DEM e PPS, sempre alinhados na oposição aos petistas, perderam 17 mil filiados — o total que o PT ganhou.

Categorias:Jogo do Poder

2 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 191.250.39.200 - Responder

    Lógico, todos que tem cargo e seus familiares ,são obrigados a filiar!

    • - IP 189.59.42.208 - Responder

      Deixe o despeito de lado e reconheça a verdade dos fatos.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

16 − dois =