Desembargadores aprovam reajuste de 6,08% para servidores

Por unanimidade, o Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso aprovou, em sessão extraordinária administrativa realizada na tarde desta quinta-feira (10 de maio), encaminhamento de mensagem ao Poder Legislativo propondo a recomposição salarial de 6,08% do subsídio da tabela de vencimentos de todos os servidores do Poder Judiciário Estadual. A recomposição é retroativa ao mês de maio.

De acordo com o presidente do TJMT, desembargador Rubens de Oliveira Santos Filho, a recomposição salarial, retroativa ao mês de maio, está prevista no Orçamento do Poder para 2012 e, portanto, os cofres têm condições de honrar o pagamento.

A recomposição de 6,08% equivale a 100% do INPC-IBGE referente ao período de janeiro a dezembro de 2011. O presidente afirmou que se não houver tempo hábil para constar da folha de pagamento de maio, a ser paga no último dia útil do mês, ela constará de folha complementar, a ser paga no início de junho.

Essa medida representa o esforço da Administração do Tribunal de Justiça em intensificar o trabalho de valorização dos servidores, proporcionando-lhes a recomposição de seu poder aquisitivo. Segundo o presidente do TJMT, a recomposição salarial é um direito que deve ser assegurado anualmente a todos os servidores.

FONTE COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DO TJMT

7 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.15.103.178 - Responder

    COMO SERVENTUÁRIO DA JUSTIÇA ESTADUAL MATOGROSSENSE, VEJO NA PESSOA DO DESEMBARGADOR RÚBENS DE OLIVEIRA SANTOS FILHO, COMO PRESIDENTE DO TJ-MT, O MELHOR GESTOR NO PERÍODO DE 30 ANOS, TEMPO EM QUE ESTOU AUXILIAR DA JUSTIÇA. ESSE PRESIDENTE SEMPRE TEM HONRADO OS COMPROMISSOS, PRINCIPALMENTE PARA COM OS SERVIDORES. TEM SIDO UM PRESIDENTE ÍMPAR. CERTAMENTE ME DARÁ TAMBÉM A ALEGRIA DE RECEBER A URV, POIS DO MUITO QUE SE PAGOU NÃO TIVE O PRAZER DE SER ATINGIDO. QUE DEUS ABENÇOE SENHOR PRESIDENTE E QUE CONCLUA COM ÊXITO TOTAL O BIÊNIO DE VOSSA GESTÃO FRENTE AO TJ-MT. “QUEM VIVER VERÁ”.

  2. - IP 200.163.46.84 - Responder

    Como o colega Maurílio fala nos dá a impressão que o Presidente do TJ está nos fazendo um favor em conceder a recomposição de 6.08%. Meus colegas de judiciário essa é uma obrigação de todo gestor público e ele não está nos dando aumento, é apenas recomposição de perdas salarial já prevista em lei.
    Eu fico impressionada como o servidor e sobretudo o SINJUSMAT estende tapete vermelho para o Desembargador Rubens. Ás vezes fico preocupada com a subserviência do SINJUSMAT ao TJ, a rasgação de seda beira ao ridículo. A relação de sindicato com o patrão deve se pautar pelo respeito mútuo e não pelo puxasaquismo exacerbado que chega as raias do ridículo. Sinceramente me sinto envergonhada as vezes quando leio os ofícios encaminhado ao TJ. Penso que a relação tem que se dar em outro nível, mas técnico, profissional.

  3. - IP 189.10.99.202 - Responder

    E o auxílo alimentação nada né… todo mundo se calou… os magistrados devem se alimentar melhor mesmo que nós, e nós com essa miséria desses R$ 300,00 (de fome). Isso é uma vergonha; Chega a ser ridículo.

    • - IP 201.49.166.16 - Responder

      Immanuel Kant vergonhoso e ridículo é a situação dos outros servidores do Estado, sequer ganhamos passe para o ônibus, claro que nao estou defendendo os altos valores dos beneficios dos magistrados, mais nao possi deixar voce falar que e vergonhoso, vergonhoso e a situaçao dos demais servidores do estado.

  4. - IP 187.6.48.226 - Responder

    Tem servidor que fica puxando o saco do Presidente atrás de função junto à comarca que trabalha. Cuidado.

  5. - IP 187.7.245.78 - Responder

    Ilustrissimos colegas, fico contente com a recomposição, mas vou RELEMBRAR o nosso Presidente Rosenval Rodrigues, nós Agentes da Infância e Juventude estamos PAGANDO para trabalhar, pois recebemos uma MIGALHA de R$ 100,00 (cem reais), para fazer INÚMERAS diligencias tanto na zona rural quanto na urbana, entrei com pedido solicitando o mesmo valor que é pago aos Oficiais de Justiça, INFELIZMENTE foi indeferido. Sou SINDICALIZADO (como os Oficiais de Justiça), mas o nosso Presidente só busca melhorias para sua categoria, quando foi criado o nosso PLANO DE CARGO CARREIRA E SALARIO os Oficiais recebiam 500,00 e nós Agentes 100,00. Hoje os Oficiais recebem 1.411,00 (hum mil quatrocentos e onze reais) e nós continuamos recebendo o mesmo VALOR, ATÉ QUANDO??. ONDE ESTA O PRINCIPIO ISONÔMICO? INFELIZMENTE ESTOU RECORRENDO PARA O CNJ! Gostaria muito que tivéssemos um SINDICATO ATUANTE, QUE LUTASSE POR TODAS AS CATEGORIAS. Mas infelizmente é isso ai que temos, só somos lembrados na época das eleições!! Pergunto a vcs, onde esta o PLANO que ele nos apresentou na época da GREVE?? pura mentira, politicagem barata. abraços a todos vcs.

  6. - IP 200.140.26.41 - Responder

    Vergonha mesmo colega Divino, nós agentes da Infância e Juventude temos que fazer alguma coisa, o nosso presidente do SIndicato, disse que iria entrar com pedido para nos recebermos adicional de periculosidade, so foi ele ser eleito e não disse mais nada.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

13 − 9 =