Avança interlocução do MP com a sociedade organizada

Domingos Sávio, promotor e coordenador do Fórum de Interlocução Permanente

Está marcada para esta quinta-feira, 29 de março, mais uma edição do FÓRUM PERMANENTE DE INTERLOCUÇÃO: MP e SOCIEDADE que será realizada  a partir das 8h30, no auditório do prédio das Promotorias de Justiça localizado ao lado do Fórum, em Cuiabá.

Na ocasião, seguindo o roteiro de sempre, os Promotores de Justiça que atuam na defesa dos interesses difusos e coletivos, tanto na Capital como em Várzea Grande (houve reunião, em 2011, da qual chegaram a participar 12 promotores de Justiça, além do procurador geral, Marcelo Ferra e o então corregedor Edmilson Pereira), estarão expondo a todos os principais trabalhos que vêm sendo por eles realizados e, também, colhendo sugestões para novas demandas. O Fórum de Interlocução já se firmou como um espaço de debate aberto e franco sobre o encaminhamento e o desdobramento das lutas sociais em nossa capital, contando com a participação de entidades como a Famato, Sindipetróleo, Sintep, Centro Burnier, Ordem dos Advogados do Brasil, Sindicato dos Médicos, MCCE-MT, Ong Moral, Sindicato dos Bancários, Femab, Associação das Vítimas da Violência, Movimento Negro Unificado, Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, Coletivo do Amor Exigente, Defensoria Pública de Mato Grosso e Associação dos Usuários do Transporte Público

Na reunião, que é coordenada pelo promotor Domingos Sávio de Arruda, também será discutido o projeto “Proposta Republicana” que consiste, em síntese, na organização da sociedade visando a elaboração de diplomas legislativos, nos âmbitos municipal e estadual, que tenham como propósito a defesa da cidadania.

Categorias:Cidadania

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

18 − sete =