Debate sobre renúncia fiscal sacode a Assembléia mas os jornais amestrados e subservientes a Silval Barbosa (eles também faturam muito dos cofres públicos!) promovem operação abafa para facilitar renovação desta troca de favores tão questionada entre o poder e os empresários

Beto Dois a Um, Ueze Zahran e Dorileo Leal: dirigentes de orgãos de comunicação agem prioritariamente como empresários ao invés de priorizarem a informação pública, com a qual deveriam estar umbilicalmente comprometidos

O jornal Circuito Mato Grosso, do empresário Pérsio Briante (que já tivera atuação decisiva no desenlace do Escândalo do Maquinário), entrou com tudo no questionamento da política de renúncia fiscal do atual Governo do Estado. Já os demais orgãos da grande imprensa mato-grossense parecem atuar articulados, reforçando a operação abafa em torno da discussão que se trava na Assembléia Legislativa de Mato Grosso.

É incentivo fiscal? É privilégio? É caixa dois? Os sindicatos do Fórum Sindical levantam o tema, com apoio de parlamentares como o deputado petista Ademir Brunetto. A grande mídia, todavia, olha para o outro lado. Dorileo Leal, na Gazeta. A família Zahran, na Tv Centro América. O sertanejo Beto Dois a Um, na combalida Folha do Estado. O empresário Gustavo Capilé, no combalido Diário de Cuiabá.

Por que, ao invés de democratizar a discussão sobre o tema, esse silencio sepulcral? Imagino que a inquietação esteja não só na cabeça deste blogueiro mas de amplos setores de nossa comunidade. Quando é que teremos veículos de comunicação menos corporativos? Esse também é um debate que deve rolar.

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 200.17.60.247 - Responder

    INSENÇÃO E IMPARCIALIDADE NA IMPRENSA DE MATO GROSSO É ALGO FANTASIOSO. MANTER UMA REDAÇÃO GERA CUSTOS DE TODA ORDEM QUE, SOMENTE COM ANÚNCIOS PRIVADOS, NÃO É POSSÍVEL SE MANTER. FALAR DE DESMANDOS DE UM GOVERNO MAL GERIDO E MOSTRAR A TODA SOCIEDADE AS FALHAS DOS GETORES PUBLICOS, PODEM COMPROMETER OS RENDIMENTOS DOS EMPRESÁRIOS DE COMUNICAÇÃO. EXEMPLO, NO PROGRAMA MT RECORD, TONINHO DE SOUZA FAZ PROPAGANDA DA SECOPA, PARECE SER UMAS MIL MARAVILHAS ESSAS OBRAS, ETC… COMO A RECORD DE MATO GROSSO VAI PODER CRITICAR O GOVERNO SILVAL? ESSE CAOS QUE ELES DEIXARAM NO TRÂNSITO, BURACOS NOS DESVIOS E TUDO MAIS… SABE QUANTO ESSE ANÚNCIOS CUSTAM PARA MT EM BENEFÍCIO DA EMPRESA JORNALÍSTICA? QUE PARA DEFENDER A SOCIEDADE A EMISSORA TERÁ??

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

5 × 1 =