Bono Vox quer ver Lula comandando Bolsa Família planetário

Em encontro com Lula, vocalista do U2 sugere internacionalização do Bolsa Família

Ex-presidente também participou da abertura de exposição de Sebastião Salgado em Londres

Do Opera Mundi

 

Em viagem pela Europa, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou nesta terça-feira (09/04), em Londres, de um encontro com o vocalista da banda irlandesa U2, Bono Vox, que também exerce importante papel de ativista política na luta contra a miséria e pela pacificação na Irlanda. Em conversa com o ex-presidente, Bono propôs uma soma de esforços entre os principais dirigentes do mundo para estimular a criação de programas contra a fome e a miséria.

O vocalista do U2 citou o programa Bolsa Família como uma das soluções para combater a pobreza no mundo. Para o músico, depois que o ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela se retirou do cenário político, Lula se converteu naturalmente no grande interlocutor mundial dos pobres, segundo informações da Agência Brasil.

“Você é hoje a única pessoa em condições de liderar uma cruzada internacional para transformar o Bolsa Família num programa planetário, que atenda a todos os pobres do mundo! Vamos, eu me junto a você e fazemos isso juntos!”, disse o vocalista, ressaltando que o ex-presidente é o único interlocutor com “trânsito entre capitalistas e socialistas”.

Ao falar sobre a crise mundial e sobre possíveis ações para erradicar a pobreza, Lula disse a Bono que o dinheiro gasto para salvar da crise financeira os bancos norte-americanos e europeus e a quantia despejada pelos Estados Unidos na guerra do Iraque, somados, atenderiam a todos os pobres do mundo por 150 anos.

O cantor disse a Lula que com o apoio do magnata Bill Gates, fundador da Microsoft, e do investidor George Soros, a organização não-governamental ONE, criada pelo músico, vem implantando na Tanzânia um projeto de produção de alimentos na savana africana inspirado no trabalho da empresa brasileira Embrapa, em Gana.

Lula e Bono ficaram de se reencontrar em breve para trocar relatórios de suas respectivas atividades, e combinaramcomo local as arquibancadas do futuro estádio do Corinthians, na abertura da Copa do Mundo de 2014, em Itaquera, zona leste de São Paulo.

Como parte da agenda, Lula também participou no mesmo dia na abertura da exposição Genesis, do fotógrafo Sebastião Salgado.  A obra do brasileiro, que reúne 200 imagens, foi apresentada pela primeira vez em Londres, no Museu de História Natural da capital britânica.

Bono Vox, líder do U2, reconhece a força do carisma de Lula e já o aclama como sucessor de Nelson Mandela no comando da mobilização internacional em defesa dos setores mais empobrecidos da população mundial

Amigo pessoal do fotógrafo mineiro, Lula relembrou uma frase do escritor brasileiro Eric Nepomuceno, que se referiu a Salgado como “um caçador de luz” e agradeceu ao convite  para abrir “esta deslumbrante, espantosa exposição de seu mais recente trabalho”, segundo informações do Instituto Lula.

O ex-presidente também falou da importância do fotógrafo no retrato social da população brasileira. Para Lula, Sebastião Salgado deixa um legado para aqueles que desejam conhecer os traços da cultura brasileira.

“São fotos que parecem dizer que ‘esta é a vida da humanidade, é a minha vida, e não vou abandoná-la’. Sua marca registrada é o seu profundo compromisso social”, destacou o ex-presidente sobre o fotógrafo.

Sebastião Salgado é aclamado na Europa como um dos grandes fotógrafos contemporâneos, reconhecido pelo seu trabalho de pesquisa e mais de oito anos de viagens por 32 países.

3 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.59.54.156 - Responder

    Ele não conhece o LULA:chefão do mensalão.A investigação já começou!Tremei !

    • - IP 189.11.201.23 - Responder

      Osmir. Pela maneira com que a oposição e a Grande Imprensa o odeia, tenha certeza de que se Lula tivesse alguma coisa a ver com o mensalão ele já teria sido denunciado. Se Marcos Valério tivesse alguma prova contra Lula já teria apresentado. A simples palavra dele, de um condenado a mais de 40 anos, não vale nada. Por isso, Lula e as pessoas que o admiram estão tranquilos. Os adversários de Lula não vão conseguir destruir a reputação do maior presidente que o país já teve.

  2. - IP 189.11.201.23 - Responder

    Lula, o maior presidente que o Brasil já teve, que conseguiu a proeza de tirar da miséria tantos brasileiros através de seu programa de distribuição de renda, que tanto avançou reduzindo as desigualdades sociais, tem certamente muito a ensinar a outros países.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

nove + nove =