PREFEITURA SANEAMENTO

Dados do Tribunal de Contas revelam descaso com a Educação em Poconé

EDUCAÇÃO
Dados do TCE revelam descaso com Educação em Poconé
Por Júlio Fontes – Do Poconet

 
Os dados divulgados pelo site do Tribunal de Contas de Mato Grosso, revelam que o atual prefeito, Clovis Martins, investiu pouco mais de 20% na educação no exercício de 2008.

Os dados demonstram que município de Poconé não cumpriu com os limites de aplicação de recursos e gastos fixados constitucionalmente, aplicando, na manutenção e desenvolvimento do ensino, o equivalente a 20,72% do total da receita proveniente de impostos municipais e transferências, estadual e federal, de acordo com o artigo 212 da Constituição Federal.

Mais uma vez, o executivo desrespeita a nossa Lei Maior, a Constituição. Diversas vezes este meio de comunicação denunciou os descasos com a educação, como recentemente a perda de recursos da Merenda Escolar, o mal estado de conservação dos ônibus que fazem o transporte escolar.

A educação vem sendo administrada nos últimos 05 anos pela irmã do Prefeito, a senhora Enair Martins, conhecida como “Néca”, que demonstra total falta de compromisso com o futuro do município.

O descaso com a educação é tanto, que no mês de março é que a prefeitura resolveu reformar a Escola do bairro João Godofredo, sendo que houve praticamente 03 meses de recesso escolar onde as escolas deveriam passar por reparos e reformas.

Agora alunos e professores deverão se espremer para poderem executar suas tarefas no Centro de Múltiplo Uso do bairro, obra essa trazida pelo deputado Federal Wellinton Fagundes em parceria com o ex-vereador Celso Fontes.

Nada tem mudado na educação em Poconé. O transporte escolar é precário, e tudo indica que não haverá mudanças. Apesar de uma empresa de Várzea Grande ter vencido a licitação para execução dos serviços, nada deve mudar, pois a empresa vem adquirindo os mesmos veículos que realizavam o transporte em 2008, dentre eles estão ônibus sem o mínimo conforto e em situações precárias. 
 
******************************

JUSTIÇA
PREFEITO NÃO COMPARECE A ACAREAÇÃO

 
O prefeito de Poconé, Clovis Martins, não compareceu nesta última terça-feira (10/03), na audiência em que ocorreria a acareação entre os envolvidos na denuncia de crime eleitoral por suposta contratação irregular de servidores durante a campanha de 2008.
 
Segundo informações, o Oficial de Justiça não conseguiu intimar o Prefeito, que conforme funcionários da prefeitura, o mesmo não comparece na prefeitura a alguns dias devido a compromissos agendados anteriormente. Muitos se perguntam como não se encontrar um prefeito em uma cidade tão pequena como Poconé.
A denuncia, pede a cassação de seu mandato por abuso de poder econômico e captação ilícita de votos na eleição de outubro de 2008.
 
O juiz Edson Dias Reis, titular da 4ª Zona Eleitoral de Poconé, onde tramitam tres denuncias impetradas pela coligação Frente de Desenvolvimento, deverá marcar uma nova audiência no mesmo Fórum Eleitoral para uma data futura.
 
Segundo o informações, Clóvis Martins, não compareceu ao Fórum Eleitoral de Poconé, por desconhecer a intimação. O oficial de Justiça alegou não ter encontrado o Prefeito desde o dia 26 de fevereiro. Segundo João de Deus, esse tipo de intimação tem que ser feita pessoalmente. A Secretaria de Educação, irmã do prefeito de Poconé, Enair Martins, também arrolada na ação, também não fora encontrada para ser intimada pessoalmente, também não compareceu à audiência de acareação.
Clovis foi eleito disputando com o candidato da coligação Trabalho e Desenvolvimento, Euclides Santos do PMDB, tendo vencido com uma diferença de pouco mais que 700 votos.
 
Tramita na justiça eleitoral mais 2 denuncias, uma que envolve desvio de recursos públicos na aquisição de combustíveis, a qual aguarda um relatório do Tribunal de Contas do Estado para a conclusão. Outra denuncia trata de utilização de recursos públicos para publicidade durante o período eleitoral.

 
Para saber mais, acesse o site: www.poconet.com.br
 

Categorias:Cidadania

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezoito − 16 =