TCE - DEZEMBRO

Com Saldanha, Vera e Gisa, Chapa 2 disputa comando do Sinasefe – e pode marcar virada à esquerda no sindicalismo de MT

 

Hoje, em Mato Grosso, acontecem as eleições para renovação da diretoria do Sinasefe MT, o sindicato que congrega professores e servidores do Instituto Federal de Mato Grosso – a nossa histórica Escola Técnica Federal, que cresceu e hoje se transformou em uma das mais importantes instituições do ensino público em nosso Estado.

A expectativa é grande pela vitória da Chapa 2, que congrega os militantes mais consequentes da esquerda dentro daquela instituição.

Com os professores Carlos Alberto SALDANHA, GISLAINE Aparecida Moreira Piaia e VERA Cristina de Quadros escalados para comporem a nova coordenação geral do Sindicato, a Chapa 2 representa uma esperança de reavivamento das lutas e das mobilizações dentro daquela instituição.

A atual diretoria, pelo que se informa, mantém a categoria desmobilizada em face da difícil conjuntura que os trabalhadores enfrentam em nosso País, em face do desmonte dos direitos de todas as categorias que vem sendo patrocinado pelo governo de Michel Temer, notadamente através da reforma trabalhista e da pretendida reforma da Previdência.

Com Saldana, Gislaine e Vera, além de outros históricos combatentes como Rita Bezera, Luis Carlos Figueiredo, Ivane Inês Piaia, Clementino Ferreira de Assis, Ivo da Silva, Danilo Campos, Jasson Boralho Paes de Barros, Marilda Gregório, Edur Marques França, Douglas Neves da Silva, Evailton Bueno,  Suzy Burton, Demli Fabiano Simeão e Antonio Moreira Barros,  é um grupamento que tem tudo para fazer a diferença, não só dentro do IFMT como também dentro do movimento sindical de Mato Grosso, reforçando a ala progressista, que se empenha por uma transformação mais profunda nas relações sindicais e políticas, em nosso País, em favor da classe trabalhadora.

O objetivo da Chapa 2 é a construção de um Sinasefe altivo, combatente, de luta e independente, em relação às estruturas de poder dentro da instituição, do Estado, dos municípios e da União.  Um Sindicato que recoloque o IFMT, como um todo, no lugar de destaque que ele merece ocupar, como uma das locomotivas da Educação Pública em Mato Grosso.

Sim, essa quarta-feira, 6 de dezembro, é muito importante para o Sinasefe, para o IFMT, para o Estado de Mato Grosso.

Categorias:Cidadania

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

um × dois =