Com provocações e xingamentos, Diego Guimarães e Chico 2000 duelam na Câmara de Cuiabá

Chico e Diego

ereador chama colega de ‘cão de guarda’ do prefeito; Parlamentar responde: ‘prefiro ser cão do que ser veado’

Por: Lucione Nazareth/ VG Notícias

A Câmara de Vereadores de Cuiabá foi palco de duelo de vereadores nessa quinta-feira (20.12) durante sessão ordinária, no qual um vereador foi chamado de “cão de guarda” do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e o outro de “veado”.

As trocas de ofensas ocorreram na discussão de um pedido feito pelo prefeito Emanuel Pinheiro no qual requeria um empréstimo internacional de US$ 110 milhões para obras de infraestrutura na Capital.

O vereador Diego Guimarães (PP) emitiu parecer contrário à autorização alegando que o projeto contraria a Lei de Responsabilidade Fiscal. Além disso, ele ainda disparou que o colega de parlamento, Chico 2000 (PR), seria uma espécie de “cão de guarda” de Emanuel Pinheiro na Casa de Leis atuando na defesa do gestor e dos seus projetos.

Em resposta, Chico 2000 disparou que preferia ser “cão de guarda” do prefeito do que “veado”.

“Eu comentei de forma respeitosa o parecer do competente, vereador Diego Guimarães, e ele não compreendeu assim e chegou ao ponto de tentar me ofender me chamando de cão de guarda do prefeito. Me chamando de cachorro perdigueiro (sorriu). Eu gostaria de dizer ao vereador Diego que eu conseguiria ser no máximo um pinscher (abrindo um largo sorriso). Mas, prefiro ser cachorro perdigueiro, cão de guarda do que ser veado”, disse Chico 2000.

Apesar da “baixaria”, os vereadores autorizaram Emanuel Pinheiro efetuar o empréstimo internacional de US$ 110 milhões.

O ator André D`Lucca entrou na polêmica, postando video nas redes sociais com pesadas críticas a Chico 2000.

Com informações do VG NOTICIAS

Vereador Diego Guimarães reage ao xingamento do vereador Chico 2000 que o chamou de veado, no plenário da Câmara Municipal de Cuiabá

Posted by Enock Cavalcanti Lula da Silva on Sunday, December 23, 2018

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

um + 4 =