Com as “máquinas” comandadas por Silval e Riva trabalhando a seu favor, Lúdio é favorecido nas capas e manchetes dos jornais amigos

A julgar pelo que se encontra nas bancas de jornais, o candidato Lúdio Cabral ganhou a eleição em Cuiabá. Com apoio das “máquinas” administrativas comandadas, em Mato Grosso, pelo governador Silval Barbosa e pelo presidente da Assembléia, Geraldo Riva, o que se vê são manchetes e primeiras páginas dos jornais amigos, editados por jornalistas amestrados, que dão uma força à candidatura do PT, apoiada pelo PMDB e pelo principal cacique do PSD.

A Gazeta, ao invés de destacar o empate nas pesquisas, preferiu torcer: “Lúdio está a 2 pontos da vitória”, grita a manchete do jornal que é comandado por Dorileo Leo, um homem do PMDB, do topete até aos sapatos.Margareth Botelho, diretora de redação, escreve sobre a pesquisa do Gazeta Dados: “Pesquisa Gazeta Dados, fechada neste sábado às 20 horas, mostra Lúdio Cabral (PT) a 2 pontos percentuais de vencer as eleições para a Prefeitura de Cuiabá. Na simulação dos votos válidos, que exclui brancos, nulos e eleitores indecisos, o petista alcança 48% enquanto o principal adversário, Mauro Mendes (PSB), obteve 44%. Os demais candidatos somam 8% – Maluf, 4%, Brito e Procurador Mauro, 2% cada um -, totalizando 52%. Com o resultado obtido na véspera do pleito, fica em aberta a possibilidade do futuro prefeito da Capital ser escolhido num 2º turno”. Mais adiante, uma matéria de Marcos Lemos informa: “Ibope mostra segundo turno”. A verdade é que tanto o Ibope quanto o Gazeta Dados apontam para a possibilidade de segundo turno, mas o jornal A Gazeta preferiu mimosear o candidato apoiado por Silval e pelo PMDB, atuando como uma espécie de panfleto a reforçar o esforço que a coligação pró-Lúdio certamente fará, neste domingo, para vencer. A Gazeta é um jornal ou é um panfleto? Não seria interessante, desde já, detalhar como deve se dar a campanha em um segundo turno, dentro de uma perspectiva de educação cívica dos eleitores?
O Diário de Cuiabá mancheteia que “Ibope mostra virada de Lúdio, mas disputa pode ter 2 turnos”. A edição da primeira página do Diário mostrou equilibrio na edição das fotos, com o registro das caminhadas que Lúdio Cabral e Mauro Mendes realizaram no centro de Cuiabá, neste sábado. Mas em seu artigo, sutilmente, Gustavo Capilé cola a idéia de derrota na figura de Mauro Mendes e a idéia de vitória na figura de Lúdio Cabral: “A vitória é coletiva e uma possível eleição de Lúdio Cabral no primeiro turno será creditada à aliança do PT com o PMDB do governador Silval Barbosa, que permitiu o discurso do alinhamento e deu a musculatura necessária para transformar um azarão num vencedor. Lembrarão, também, da eficiente campanha no programa eleitoral gratuito – que vendeu a ideia do bom-moço, de fala mansa, que toda mãe quer ter como filho. Não esquecerão – é claro – de enaltecer a participação especial do onipresente e arrasa-quarteirão Eder Moraes. Assim é a vitória!Já a derrota é solitária. Perder hoje ou daqui a quatro semanas pode significar o sepultamento da promissora carreira política que Mauro Mendes poderia ter. E começarão a caça aos culpados: Pedro Taques, que não aceitou o PMDB no palanque; o salto alto de quem achava que já estava eleito e economizou dinheiro no início da campanha; o programa fraco na TV; o uso da máquina pública pelo adversário… E por aí vai. Assim é a derrota!

A Folha do Estado, que, segundo os bastidores da imprensa, atua sob influência do deputado Geraldo Riva, foi mais sectária: uma baita foto, destacando apenas a caminhada de Lúdio Cabral, candidato hoje abençoado pelo cacique do PSD. Um trecho do editorial da Folha talvez explique tudo: “Esse “jogo” chamado eleição está longe de ser limpo, justo e honesto porque é, antes de tudo, um jogo pelo poder e que, invariavelmente, resulta em abuso de poder.”

2 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 200.96.142.83 - Responder

    Enock, gostei muito de ver a sua imparcialidade e independência nesta matéria, sem puxar muito a sardinha pro lado do PT. Bem diferente da cobertura que você esta fazendo do caso mensalão, onde todos sao vitimas de uma sórdida trama pra você. Parabéns, desta vez!

  2. - IP 189.59.39.252 - Responder

    ERRAM FEIO! Até o Ibope. A Gazeta dados furou em tudo: errou em Cuiabá e Várzea Grande. É o povo não cai mas nessas senhores! Mudem a estratégia…

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezenove + 13 =