gonçalves cordeiro

Ciro Gomes no Jornal Nacional vacilou deixando de expor contradições da Globo

Ciro no JN

Em entrevista com presidenciável, o que menos interessa é o plano de governo.

Lembra daquele teatrinho de sempre da Globo separando temas pros candidatos responderem e fugindo dos confrontos políticos, pelo Brasil a fora, através dos anos? Coisa mais chata.

Não dá mais pra fazer aquele teatrinho.Ficou claro na entrevista do Ciro no Jornal Nacional. Até a Globo percebeu. Então, Bonner vira mais acusado, político, confrontador, do que entrevistador, repórter. É a voz do monopólio procurando sempre enquadrar os políticos à sua vontade, nos marcos de sua ideologia.

Negócio é mesmo o pau, a tentativa de desconstrução. De lado a lado. Sim, de lado a lado.

O Ciro deveria ter percebido isso e dado um pau mais duro no Bonner e na Renata, aproveitando-se da liberdade que um ao vivo concede.. Afinal, se um lado bate, por que o lado de cá tem apenas que aparar os golpes? Por que considerar aquela sabatina uma sabatina comum?

Ciro preferiu os salamaleques, como se ao abrir aquele espaço para os presidenciáveis a Globo estivesse fazendo um grande favor. Ora, trata-se de uma concessão pública a televisão brasileira. Trata-se de uma emissora com conhecido e reconhecido engajamento político. Uma rede de TV que tenta se sobrepor aos governos, aos partidos, às instituições públicas. Então, é ingenuidade se imaginar diante de um repórter isento…

Favor, porra nenhuma. E eles da Globo estão boicotando criminosamente a campanha do Lula e do PT. Isso tem que ficar claro e o Ciro só fez um pequena defesa do Lula.

Na minha cabeça fiquei imaginando e sonhando e analisando assim: quando a Renata Vasconcelos e o William Bonner falaram das possíveis contradições dele, Ciro, tentando emparedá-lo, eis o momento perfeito para entrar com a cunha ideológica de dar um cruzado de esquerda: e as contradições da Rede Globo?!?

Bonner e Renata também cobraram a devida reverência à Lava Jato e ela não faltou na boca do Ciro, incapaz de uma síntese mais eficiente do golpe.

Neste quesito de enfrentar a Globo dentro da Globo, enfim, Leonel Brizola segue insuperado, apesar de sabermos que Brizola também teve seus históricos vacilos. Até quando? Quando aparecerá alguém capaz e competente de ir mais fundo do que Brizola foi?

Ciro, preocupado em agradar seus marqueteiros e aparecer sorridente para a grande plateia, perdeu a chance de gravar seu nome na história dos embates políticos na TV brasileira.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

um + 14 =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.