Chica Nunes é funcionária “fantasma” do Julinho, diz RD News

Chica Nunes, ex-vereadora e Júlio Campos, deputado federal pelo Democratas

Chica Nunes, que é esposa de Marcelo Ribeiro, prefeito de Barão de Melgaço, ganha R$ 2,3 mil como assessora parlamentar de Júlio Campos, na Câmara Federal. Romilson Dourado a aponta como “fantasma”. Leiam a revelação do RD News. (EC)

CÂMARA FEDERAL

Chica é “fantasma” do gabinete de Júlio; ex-deputada diz trabalhar fora
Romilson Dourado

A ex-presidente da Câmara Municipal de Cuiabá e ex-deputada Chica Nunes (ex-PSDB e hoje no DEM), que responde na Justiça por rombo de R$ 7 milhões ao erário, está lotada desde março deste ano na folha da Câmara Federal como secretária parlamentar do deputado Júlio Campos, mas não cumpre horário de expediente, o que a coloca na condição de funcionária fantasma. O gabinete em Brasília informou que Chica se encontra à disposição do DEM, de cuja legenda é vice-presidente regional. Já a sede do diretório em Cuiabá afirmou que a ex-parlamentar não aparece há um bom tempo e que deve trabalhar para Júlio em casa.

Pelo lotacionograma não é possível saber o salário exato que Chica recebe enquanto uma das 27 pessoas em cargos comissionados de Júlio Campos, ex-prefeito de Várzea Grande, ex-governador, conselheiro aposentado do TCE e deputado federal pela segunda vez. Chica já esteve no centro do poder. Foi vereadora e ocupou os postos mais importantes do legislativo cuiabano, sendo de primeira-secretária (ordenadora de despesas) e depois como presidente. Foi nesta época que ela ganhou o noticiário nacional sob acusação de, junto com outras 8 pessoas, entre elas o ex-presidente Lutero Ponce, promover fraudes em licitações que movimentaram R$ 7 milhões entre 2005 e 2006.

Por causa disso, Chica responde até hoje por formação de quadrilha e peculato (apropriação de dinheiro público). Em maio deste ano, Chica recorreu ao Superior Tribunal de Justiça com pedido de suspensão da ação penal, que tramita no Tribunal de Justiça, mas não obteve êxito na alegação de que teria havido irregularidade na condução do processo e que na fase do inquérito policial os acusados não receberam intimação em alguns momentos. A ação avança e está em fase final para julgamento.

Justificativa

O deputado Júlio Campos não foi localizado nesta terça para comentar acerca da nomeação de Chica. Já a ex-deputada e esposa do prefeito de Barão de Melgaço, Marcelo Ribeiro (PSD), derrotado na disputa à reeleição, confirmou estar lotada no gabinete do deputado democrata e que recebe mensalmente R$ 2,3 mil da Câmara Federal. Perguntada se não seria uma funcionária fantasma, Chica respondeu com naturalidade: “Como posso ser fantasma se milito na política 24 horas por dia, no trabalho de fortalecimento das ações do deputado Júlio e do DEM nos municípios! Eu gosto de trabalhar e faço política”. Em seguida, ao ser questionada sobre o que faz como assessora parlamentar, Chica Nunes disse: “São muitas as demandas. Faço de tudo, como visitas às bases, indicações. Trabalho não só lá (no gabinete). Quem é assessor não pode ficar dentro do gabinete”.

FONTE RD NEWS

———————–

OUTRO LADO

O deputado Julio Campos encaminhou à nossa redação, o seguinte comunicado:

Júlio Campos confirma lotação de Chica Nunes para prestação de serviços de representação política nas bases de MT

O deputado federal Júlio Campos (DEM/MT) confirma que a ex-deputada estadual Chica Nunes realmente está lotada no seu quadro de funcionários desde março de 2012, de acordo com o art. 2º do ato da Mesa nº 72/97 “Os ocupantes de cargos em Comissão de secretariado parlamentar terão exercício em Brasília, nos gabinetes parlamentares,
ou no Estado de Representação do Parlamentar e reger-se–ão pelas normas aplicadas aos demais servidores da Câmara dos Deputados”, sendo que a assessora parlamentar se enquadra na Representação Política no Estado.

“Os assessores que estão lotados na representação política no Estado de Mato Grosso podem trabalhar de forma itinerante, este é caso da assessora parlamentar Chica Nunes que trabalha no fortalecimento das ações do deputado junto às bases”, afirmou o deputado Júlio Campos.

Conforme ato da Mesa nº 58/2010 são atribuições do secretário parlamentar assessorar o parlamentar nas reuniões de Comissões, audiências públicas e outros eventos; cumprir outras atividades de apoio inerente ao exercício do mandato parlamentar, entre outros.

7 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 187.7.215.75 - Responder

    Sem comentários!!!

  2. - IP 201.49.165.95 - Responder

    E, bem JUlio Campos, por isso que levaram pau em VG ja pensou eesse povo na predeitura.

  3. - IP 177.135.230.10 - Responder

    Analisando pelas fotos, a matéria está certinha.Fantasmas mesmos.

  4. - IP 187.113.46.9 - Responder

    Caraca! Esse Júlio é ou não é parecido com o Smeagol??

  5. - IP 189.59.69.195 - Responder

    Como disse Carla Alves ali em cima: “É BEM JÚLIO CAMPOS”!
    Uma política currupta comprovada até pelo TCE, que em geral é Tribunal Faz de Contas, detectou as falcatruas. E aí o Julinho arruma um salário do erário para ela… Tem de cassar esse deputado logo! Como diz o ditado, uma vez corrupto, sempre corrupto, ou cachorro que come ovelha, só matando.

  6. - IP 189.75.99.174 - Responder

    Mato Grosso é dominador por uma poderosa quadrilha. Começa por Silval e Riva e termina da Câmara Municipal de Cuiabá com Deu-se-mar. Essa tal de Sinaira fica escondida lá no prédio da SEEL. Também cuidando das azuis garoupas do esporte. Esse Silval vive envolto com só gente que não presta. Da-lhe Chica, mais uma da quadrilha do caboclos de Mato Grosso!

  7. - IP 177.5.123.2 - Responder

    AVAREZA = Apego excessivo ao dinheiro e aos bens. Por ser tão fútil ( nada se levará) é considerado o mais tolo dos 7 pecados capitais. Esse povo vive disso ( vide quantas aposentadorias tem esse julio campos) , do erário e de fazer coisas inconfessáveis. E o povo rude e ignóbil ao cruzar com um desses ao invés de cuspir-lhes a face , os idolatra.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

4 × 3 =