AVANÇO DEMOCRÁTICO: Depois do desembargador Carlos Alberto, como membro do Pleno, nesta segunda será a vez de um grupo de magistrados, representando a Amam, protocolarem, na presidência do Tribunal, requerimento pelas DIRETAS JÁ NO TJ

diretas-judiciarioAmam participa de mobilização pelas diretas
A Associação Mato-grossense de Magistrados (Amam) participa, nesta segunda-feira (31), do ato nacional organizado pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) em prol das eleições diretas no Poder Judiciário brasileiro. Às 16h, o presidente da entidade, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, acompanhado de juízes de Direito, protocola na Presidência do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) um requerimento para que seja efetuada alteração no regimento interno a fim de permitir que os juízes possam escolher, por voto direto, os dirigentes da corte. O mesmo será feito em todas as unidades da federação, tanto nos tribunais estaduais como federais e trabalhistas.

Em Mato Grosso, o movimento ganhou o reforço por meio da iniciativa do desembargador Carlos Alberto, que apresentou requerimento no mesmo sentido como membro do pleno do TJMT. “Desta vez vamos apresentar como entidade que representa a magistratura mato-grossense, o pedido em nome de toda a magistratura estadual, posto que esse é o desejo unânime. A Amam, quero lembrar, integra este movimento desde 2012, quando aqui mesmo, em Mato Grosso, com a presença de representantes da AMB, foi realizado o lançamento da campanha Diretas Já no Poder Judiciário. Podemos dizer que ele nasceu aqui”, frisa o presidente.

Momento histórico – A data da realização do ato político não foi escolhida aleatoriamente. Visa demonstrar à sociedade que, após 50 anos do golpe de 31 de março de 1964, os juízes ainda buscam a plena democracia no âmbito do Judiciário, postulando o mais elementar dos direitos, o direito ao voto na escolha dos dirigentes do poder que integram. Além da AMB, o movimento conta com a participação de todas as suas representações estaduais, da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra).

 

diretas-ja-destaque-21

2 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.132.245.224 - Responder

    Chega!Vão lamber sabão!

  2. - IP 201.2.20.59 - Responder

    Parabéns aos participantes pela simbólica inciativa, esperamos que o Congresso faça a coisa certa e aprove logo a respectiva Emenda Constitucional!

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

um × 5 =