gonçalves cordeiro

ALONSO ALVES FILHO: “Eu tenho rezado pelo Antônio Joaquim.” Médico diz que “ganância e imprudência” marcam trajetória do conselheiro do TCE-MT

Após ser chamado de psicopata pelo conselheiro afastado do TCE-MT, Antônio Joaquim, o médico Alonso Filho deseja por fim em guerra por terras

Médico Alonso Alves Filho (Foto: Vanessa Moreno)

Por Vanessa Moreno

 

Desde outubro de 2012 o médico otorrinolaringologista Alonso Filho trava uma guerra judicial contra o conselheiro afastado do Tribunal de Contada do Estado de Mato Grosso (TCE-MT) Antônio Joaquim, acusado de invadir e desvalorizar as terras de seu pai, Alonso Alves Pereira, às margens da Serra das Araras, em Nossa Senhora do Livramento.

Trata-se da Fazenda Bocaina, onde Alonso Alves Pereira, de 86 anos, construiu a sua vida. “Meu pai diz: aqui eu sinto que eu sou moço, onde tenho minhas lembranças”.

De acordo com Alonso Filho, a batalha contra AJ teve início quando o conselheiro conseguiu uma liminar na justiça que o autorizava a circular pela fazenda de seu pai para ter acesso a uma de suas propriedades, no entanto, diz o médico, o conselheiro nunca havia sido impedido de circular pelas terras da Fazenda Bocaina.

Já Antônio Joaquim afirmou na época que teria entrado com o pedido de liminar porque o pai do médico havia colocado um portão com um cadeado que impedia a passagem pelas terras. Já Alonso afirma que este portão foi colocado por Antônio Joaquim, que aproveitou para se apropriar, indevidamente, de parte das terras da Fazenda Bocaina.

Alonso explica que o conselheiro também teria feito uma estrada que cortava a fazenda do seu pai e que esta estrada teria degradado o meio ambiente, provocando o derrubamento da serra, fato que gerou uma multa por parte da Secretaria de Estado de Meio Ambiente – SEMA para o pai do médico. Antônio Joaquim passou ainda pela fazendo de Alonso um cano que desviou o curso de um rio, levando-o à seca.

Todo o desentendimento teria sido causado após Antônio Joaquim ter tido uma proposta de venda recusada pelo dono da Fazenda Bocaina. “Ele me ligou dizendo que queria comprar a terra, eu disse que ia conversar com meu pai e ele disse para resolver logo senão ele ia tomar a terra”, conta Alonso. Após a ameaça Alonso afirma que o conselheiro foi até à fazenda de seu pai fazer a mesma ameaça ao velho. Na ocasião Alonso Alves Pereira teve um aumento de pressão que ocasionou um AVC. Alonso passou 15 dias em coma após o ocorrido. O fato teria gerado um grande ressentimento. “Tudo isso nós passamos por uma atitude de imprudência e ganância”, desabafa o médico Alonso Filho.

Após seis anos o caso veio à tona novamente, após uma série de crimes ambientais terem sido constatados na região, por conta de um desmatamento de uma Área de Preservação Permanente (APP) para a construção de uma estrada – e depois que as denúncias contra Antonio Joaquim se transformarem em processos na Justiça de Mato Grosso e também no Superior Tribunal de Justiça.

Veja as imagens:

 

Após as declarações de Alonso Filho, Antônio Joaquim falando ao blogueiro Enock Cavalcanti, desta PAGINA DO E, caracterizou  o médico como “um psicopata”.

Alonso rebate: “Eu não sou um psicopata, eu sou um ser humano normal trabalhando há 35 anos pela medicina”. Alonso é médico otorrinolaringologista, sócio proprietário do Hospital Otorrino em Cuiabá. “Eu opero de 100 a 120 pacientes por mês, faço de 700 a 800 consultas por mês, isso já durante 35 anos. A verdade é que é que me senti acuado por esse senhor e por policiais, delegados e juízes, influenciados por ele, me acusando como se eu fosse um bandido”, lamenta Alonso que afirma ter sido injustiçado e ter sofrido ameaças de morte.

Hoje o desejo de Alonso é que tudo se resolva de forma pacífica. “Eu tenho rezado para que ele melhore como ser humano e tire essa mágoa e essa coisa de não saber perder”.

Confira os vídeos o depoimento de  Alonso Alves Filho, que demonstrar ser um homem tranquilo, “um tanto prolixo”, mas interessado em reconquistar a paz de espírito que perdeu desde que, segundo ele, o conselheiro Antonio Joaquim entrou em sua vida:

Confira mais imagens dos crimes ambientais ocorridos na região da fazenda Bocaina, conforme descrição do médico Alonso Alves Filho, em vídeos que ele mesmo produziu em meio à área em litígio, no municipio de Livramento:

 

 

MATÉRIA ANUNCIADA POR ANTONIO JOAQUIM NO TEXTO ACIMA FOI DIVULGADA NESTE 17.5.18 PELO PORTAL MATO GROSSO

http://www.portalmatogrosso.com.br/politica-gestao/testemunhas-desmentem-medico-alonso-filho-sobre-grilagem-de-terra-em-livramento/40372

 

LEIA NOS DESTAQUES OS DOCUMENTOS RELATIVOS A ESTE PROCESSO

TJ-MT Segue Luis Carlos Costa e Anula Sentença de Vidotti que Arquivara Ação Contra Antonio Joaquim by Enock Cavalcanti on Scribd

Juiza Célia Vidotti Extingue Ação Popular Contra do Dr. Alonso contra Antonio Joaquim by Enock Cavalcanti on Scribd

Ação Popular do Dr Alonso Cobrando Ressarcimento de Diárias Pagas a Antonio Joaquim by Enock Cavalcanti on Scribd

Documentos Da Ação Popular Alonso Alves contra Antonio Joaquim – Parte 1 by Enock Cavalcanti on Scribd

Documentos Da Ação Popular Alonso Alves contra Antonio Joaquim – Parte 2 by Enock Cavalcanti on Scribd

Memoriais Que Antonio Joaquim Apresentou Ao STJ Para Se Defender de Denuncia de Desmatamento by Enock Cavalcanti on Scribd

Ministra Nancy Andrighi Aceita Denúncia Contra Antonio Joaquim No STJ by Enock Cavalcanti on Scribd

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

cinco × 1 =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.