ADVOGADO OTACÍLIO PERON: Como dizia Sobral Pinto, a advocacia não é profissão para covardes

Sobral Pinto

 

DIA DO ADVOGADO
Por Otacílio Peron

No dia 11 de agosto, comemora-se o Dia do Advogado.

Como dizia o grande Sobral Pinto “a advocacia não é profissão para covardes”. E há poucos dias, nos demonstrou esta coragem, o ilustre colega de Santa Catarina, Drº Felisberto Odilon Córdova, ao denunciar ao vivo, em plena sessão de julgamento, no Tribunal de Justiça de SC, um Desembargador, por atitudes não convencionais.
A advocacia é profissão da maior importância, e tanto é que vem consagrada na Constituição Federal, que considera o advogado indispensável à administração da justiça. É inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei, sobrevindo, no entanto, o peso da imensa responsabilidade.
Só podemos falar em justiça qualificada, justiça mais próxima do cidadão, justiça democrática, quando assegurado o direito do cidadão de ser assistido por um advogado.
A sociedade precisa muito dos advogados. O judiciário, com a estrutura deficiente, faz com que o advogado não seja mais o primeiro juiz da causa, ou o último, mas por vezes, o único.
Nesse dia de comemoração, devemos renovar nosso compromisso com a luta diária pela melhoria da justiça brasileira. É preciso perseguir uma mudança que é difícil, mas, não impossível, e que só se dará com o nosso trabalho conjunto, com nossa união. Parafraseando o Ministério da Justiça: “Advogados unidos podem, fazem, acontecem.”
Temos que continuar enfrentando todo tipo de violação de nossas prerrogativas, em cada canto desse Estado e do país, e a cada autoridade violadora, devemos asseverar, que nossas prerrogativas são inegociáveis.

Feliz Dia do Advogado!

 

Otacílio Peron é Advogado em Cuiabá/MT

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

quatro × 2 =