gonçalves cordeiro

Advogado de Cuiabá publica artigo em publicação da Escola Paulista da Magistratura

Bruno Boaventura é advogado em Mato Grosso

A Escola Paulista da Magistratura foi criada em 1988 e um órgão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. A Escola Paulista da Magistratura desenvolve dois ramos de ensino: a formação continuada de magistrados (iniciação funcional e cursos de aperfeiçoamento) e os cursos abertos a toda a comunidade jurídica (pós-graduação, extensão universitária, cursos rápidos, seminários, palestras e outros eventos) visando o aprimoramento do Judiciário como um todo.  A Escola complementa sua atuação com a publicação de quatro periódicos: a “Revista da EPM”, os “Cadernos Jurídicos”, a revista “Diálogos & Debates” e o informativo “InterAÇÃO/Magistratura”, que contam com a colaboração de magistrados e de outros profissionais do Direito e são distribuídos, gratuitamente, a todos os magistrados do Estado de São Paulo, ministros dos Tribunais Superiores, escolas de magistratura de outros Estados e instituições de ensino jurídico.

Tal importante instituição possibilitou que os magistrados paulistas pudessem conhecer um pouco de um dos estudos realizados no Programa de Pós-Graduação em Política Social da Universidade Federal de Mato Grosso. O artigo publicado é: “A não completude da modernidade pela aporia da questão social”, de autoria de Bruno J.R. Boventura conjuntamente com a professora Ivone Maria Ferreira da Silva. O texto pode ser lido pelo link: http://www.epm.tjsp.jus.br/Internas/ArtigosView.aspx?ID=14971

Bruno Boaventura esclareceu ainda que só tem a agradecer a direção e o Conselho Editoral da Escola Paulista da Magistratura pela atenção e pela publicação.

Categorias:Gente que faz

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - Responder

    Bruno,
    Parabéns pela publicação. Você está sempre nos surpreendendo. Continue firme em sua carreira de sucesso.
    Bjs, Yvone.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

doze + dezoito =