gonçalves cordeiro

ADEMAR ADAMS: Sindijufe virou gueto de insanidade

O sindicalista Pedro Aparecido é o atual presidente do Sindijufe, em Mato Grosso

Ademar Adams é jornalista e servidor do TRT, em Cuiabá

Eleições do Sindijufe: O extremismo dos camisas azuis
por ADEMAR ADAMS

De repente um grupo de camisas azuis adentrou no meu local de trabalho, com Pedro Aparecido à frente e sem delongas passou a falar de sua chapa que concorre a re-re-eleição no Sindijufe/MT.
Ele foi curto e grosso, dizendo mais ou menos isso: “Nossa chapa tem três pontos principais de luta. 1) Não aceita a participação de quem apoia o governo, qualquer governo; 2)  Não aceita quem tenha ligações com as administrações atuais ou do passado dos órgãos; 3) Não aceita quem seja filiado a qualquer partido político.”
Nada mais disse e, autoritário, nem deixou que nada lhe fosse perguntado. Disse adeus e partiu secundado pelo seu séquito.
E lá fiquei eu pasmo, sem entender aquele colega, que tanto já admirei, e hoje faz da entidade que ajudamos a construir com muito esforço, um gueto de radicalismo e insanidade.
Vou tocar nos pontos que ele salientou e mostrar como dói:
1)    A chapa do Pedro só aceita quem votou em José Serra.
2)    Qualquer servidor que, mesmo por mérito, tenha ocupado cargo nas administrações, é pessoa indigna de pertencer ao sindicato e exercer o direito de participar das eleições;
3)    A Constituição Federal foi revogada, sendo proibido o legítimo direito de qualquer cidadão de pertencer a partido político. Os partidos podem ser imperfeitos, mas sem eles não há república nem democracia.
Imagine você Pedro Aparecido, se lá atrás, o então professor, petista de primeira hora, fosse banido do seu sindicato por se candidatar a vice-prefeito do PT de Alto Araguaia…
Assim, ou a chapa Avançar Sempre muda seus dogmas, ou, com suas camisas azuis vai ficar ainda mais parecida com as falanges do general Franco na Guerra Civil Espanhola nos anos de 1930. Desse jeito, o Sindijufe vai continuar sangrando.
O guerreiro Pedro, ao ter contestada a sua tentativa de se perpetuar no comando do sindicato, abandona o discurso revolucionário de Rosa de Luxemburgo e passa a imitar o Füerer com uma cantilena nazifascista, discriminatória e abominável. Esse comportamento já fez centenas de colegas desfiliarem-se do sindicato.
Para, Pedro! A vida não se resume em ter poder e mandar. A vida é mais que essa sua correria louca em busca de ser o máximo. Você tem ao menos feito uma caminhada? Tem ido dançar? Tem ido ao parque com seus filhos? Tem ido ao teatro ou ao cinema? São valores ditos pequeno burgueses, mas fazem parte da essência da vida.
Chega de guerra, companheiro! A fraternidade é mais importante. Você, dividindo a nossa categoria, faz o jogo do governo, esse mesmo governo que você diz que é o pior do mundo.
Ainda que você vença, Pedro, vai ser uma vitória de Pirro, pois a categoria deveria estar unida nesta hora crucial de embate pela reposição dos nossos salários, seis anos sem reajuste. Assim, todos nós vamos perder. É uma pena!

Ademar Adams – É jornalista, servidor do TRT-MT e membro da “Chapa Renova Sindijufe”

LEIA AQUI A RESPOSTA DE PEDRO APARECIDO A ADEMAR ADAMS

http://paginadoenock.com.br/pedro-aparecido-responde-a-ademar-adams-inveja-mata/

Categorias:Cidadania

3 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - Responder

    Isso aí Ademar.. parabens!!

  2. - Responder

    Esse Ademar Adams é PELEGO do Pivetta

  3. - Responder

    Falanges de General Franco?? Rosa de Luxemburgo? Camisas Azuis?? Nazifascista? Vitoria de Pirro??……Cara, viajandão esse Ademar, sem noção…..não tem umas comparações mais modernas não??……kkkkkkk

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

10 − cinco =