PREFEITURA SANEAMENTO

ADEMAR ADAMS: Ao ver na TV uma propaganda institucional da Assembleia Legislativa, onde o procurador geral, um promotor e o deputado presidente unidos rasgam a Constituição, que em seu artigo 37 proíbe a imagem de servidores e agentes políticos na publicidade oficial, só me restou gritar: Chamem o ladrão!

Promotor Roberto Turin

Promotor Roberto Turin


Chamem o ladrão – conluio AL e MPE

Por Ademar Adams

Ao ver na TV uma propaganda institucional da Assembleia Legislativa, onde o procurador geral, um promotor e o deputado presidente unidos rasgam a Constituição, que em seu artigo 37 proíbe a imagem de servidores e agentes políticos na publicidade oficial, só me restou gritar: Chamem o ladrão!

Faz mais de 20 anos que pessoalmente e através da Ong Moral temos combatido esse abuso dos chefes do poderes, prefeitos e governadores que impunemente violam a norma para fazer auto promoção com o dinheiro público.

Raramente tivemos sucesso, pois o próprio Ministério Público poucas vezes atendeu às nossas representações. Agora entendi porque. Eles também gostam de se autopromover.

De Paulo Prado e do deputado Maluf, não espero boa coisa mesmo, mas me senti triste e desprotegido ao ver o promotor Roberto Turim participando desta patranha.

Como pode? Virem propagar transparência usando de verba pública de forma ilegal. É uma desfaçatez, um chute na cara da sociedade! Tem de devolver o dinheiro!

A quem apelar? Ao governador que na primeira semana deu 500 mil para um evento esportivo de grupo milionário de mídia que faturou dois milhões.

À polícia que não dá conta do seu trabalho comezinho, que nem consegue conter essa onda de assaltos que toma conta da capital?

À justiça que solta assaltantes e assassinos com a velocidade inversa da que tem para julgar Riva e Bosaipo, contra que acaba ocorrendo prescrição?

Não vejo saída. A dignidade morreu, a vergonha na cara sumiu e os homens de bem se escondem.

Quer ver onde vai o dinheiro do seu imposto:

– Verba indenizatória para deputados, vereadores, conselheiros e servidores do Tribunal de Contas e em diversas carreiras do estado;

– Auxílio moradia para magistrados, promotores e procuradores, cuja maioria mora em mansões ou apartamento de luxo de sua propriedade.

– Defensores públicos que fizeram concurso para receber cerca de oito mil reais e do dia pra noite passaram a ganhar como juiz em promotor, cerca de 30 mil por mês. E agora passaram receber auxílio moradia e auxílio transporte de R$ 6.000,00 pro mês.

Dá pra suportar essa farra com o dinheiro público?

É um grande conluio, o órgão propõe, a Assembleia aprova e o governador sanciona, o MPE com regalias semelhantes se omite, a Justiça se provocada leva um século para julgar. A fora as esposas, filhos e apaniguados empregados sem concurso, em trocas vergonhosas de favor à custa do erário.

E nós? Nós pagamos…

Por que será que essa gente raivosa contra o governo federal, não vai às ruas contra estes abusos aqui na nossa casa?

E pensávamos que sem Riva o ambiente iria ficar mais respirável…

Não tem jeito: chamem o ladrão!

….

PS.: Um prefeito de Juara foi considerado ficha suja porque, por duas horas, ficou no site da prefeitura a imagem dele participando de uma inauguração. O MPE propôs a ação e Justiça o condenou. Só porque era adversário do Riva?

———–

ademar adams

Ademar Adams é jornalista em Cuiabá, Mato Grosso.

8 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 187.7.212.2 - Responder

    QUE TRISTEZA ADAMS… PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA O MPE CONSEGUE UM ACORDO COM A AL-MT, ONDE O PRESIDENTE DAQUELA CASA ASSUME FORMAL E PUBLICAMENTE UMA SÉRIE DE COMPROMISSOS INDO AO ENCONTRO DA PUBLICIDADE, TAIS COMO ADERIR AO FIPLAN E PUBLICAR TODOS OS GASTOS E PAGAMENTOS DA AL-MT, DIMINUIR O NÚMERO DE CARGOS EM COMISSÃO, EXTINGUIR A VERBA DE SUPRIMENTO DE FUNDOS, LIMITAR OS GASTOS COM COMBUSTÍVEL, FAZER CONCURSO PUBLICO PARA O CARGO DE CONTROLADOR INTERNO, ENTRE OUTRAS MEDIDAS ANUNCIADAS NUMA ENTREVISTA COLETIVA…………… E VC ESTÁ PREOCUPADO APENAS PORQUE ESSA ENTREVSTA É VEICULADA NA MÍDIA COMO “PROPAGANDA INSTITUCIONAL DA ASSEMBLEIA”……….. ME PARECE UM FORMA MÍOPE DE VER AS COISAS.

    • - IP 189.59.69.195 - Responder

      Não seja bobo Justiniano! Não foi reportagem, foi publicidade paga pelo erário.
      e vai me dizer que voce acreditou que o Maluf vai virar santo agora. Ou tu acha que ele se calou durante todos os anos convivendo com Riva, por que?

  2. - IP 129.123.7.6 - Responder

    É VERDADE DAQUI A POUCO VAI TER PREFEITO FAZENDO PROPAGANDA DA PREFEITURA COM ISSO UTILIZANDO DINHEIRO PÚBLICO PARA SE PROMOVER ISSO É ILEGAL E IMORAL.

    ACHO QUE DEVE SER ABERTO UM MANIFESTAÇÃO NO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL E FEDERAL, E AINDA NO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL SENDO QUE O DEPUTADO TEM QUE SE RELEGER PARA CONTINUAR NO CARGO E O MESMO COM A UTILIZAÇÃO DE MÍDIA PAGA PELA POPULAÇÃO ISSO FICA FÁCIL.

    ISSO É MUITO IMORAL E ILEGAL.

    VAMOS ABRIR A DENÚNCIA POIS ISSO NÃO PODE FICAR ASSIM NÃO O NOSSO ESTADO NÃO É CASA DE NINGUÉM TEMOS LEIS PARA ISSO E PARA TODOS.

  3. - IP 201.71.187.26 - Responder

    MATO GROSSO VIROU HAREM DE POLITICOS, MPE … QUE SO QUEREM MIDIA… PROCESSO NELES, IMPROBIDADE NO MPE. JA !!!!!

  4. - IP 189.59.69.195 - Responder

    Completando Justiniano … você acredita em Papai Noel? Se fizerem tudo isso que você diz, pode cortar o orçamento da AL pela metade.

    Ou você tá pro fora de tudo ou é assessor do Maluf…

  5. - IP 187.7.212.2 - Responder

    É Adams pode ser que eu esteja por fora, mas isso é o que foi dito pelo Promotor na referida entrevista, foi dito que o MPE só estava lá porque a AL-MT estava concordando com uma notificação do Ministério Público e iria sim cortar gastos e adotar uma série de medidas de controle recomendadas pelo MPE. Ninguém é bobo e muito menos santo na AL-MT, mas o MPE tem demonstrado firmeza em muitas ações e creio que não vai deixar barato caso o Malouf não cumpra o prometido. É pagar para ver. Eu, prefiro aguardar o desenrolar dos acontecimentos e acreditar nas instituições que podem e devem crescer e melhorar independente das pessoas que passam por elas……… vamos ver.

  6. - IP 187.183.129.206 - Responder

    Ademar, sei que não é ingênuo, você junto aos membros da Ong Moral e do MCCE combateram brilhantemente as roubalheiras do RIVA, porém tal empenho não passou de uma luta digna de Don Quixote x Moinhos de Vento… Não desmerecendo o trabalho, porém a luta foi vã, pois creio que mais do que lutar contra pessoas, devem lutar contra o sistema!

    Vou exemplificar a podridão

    A atual mesa se gaba de economizar e devolver 20 milhões para o Estado comprar ambulâncias… Legal não é?

    Alguém já parou para comparar o orçamento de 2014 com o orçamento de 2015?
    Pois bem, na LOA 2014, o orçamento inicial da Assembleia era de 300 milhões de reais, na LOA de 2015, saltou para 412 milhões, uma vez que se devolva 20 milhões, ainda assim gastarão a bagatela de 92 milhões a mais que no ano passado!

    O famigerado suprimento de fundos foi pago nos mesmos moldes até maio desse ano.

    O chefe de gabinete do maluf é lotado como secretário de serviços legislativos e nada entende de processo legislativo, apenas recebe salário…

    O folclórico Chico Monteiro, servidor de carreira da procuradoria da prefeitura de Cuiabá continua fazendo às vezes de consultor técnico jurídico da mesa e recebendo por fora como fazia com o Riva.

    Continuam os desvios de funções

    O ponto dos servidores não é controlado por cartão ou digital, e sim por senha e matrícula o que funciona como os dedinhos de silicone do Rio de Janeiro , porém em larga escala….

    Não perca a emoção da luta… Ainda tem muito trabalho para a ong moral

  7. - IP 189.74.35.207 - Responder

    Márcio Campos , vc destruiu todos os meios de defesa dos nossos ” Dom Quixotes” pantaneiros.
    A verdade é que nosso sistema político é feito para que uns poucos afortunados – literalmente – ganhem ; e muito bem . Eu conheci um cara que era vendedor de carros numa garagem na Av. da Feb e no entanto recebeu ANOS a fio dindim da nossa emporcalhada ALMT. QUANTOS NÃO RECEBEM DA MESMA FORMA???
    Como pode uma estrutura com 24 deputados ter 300 milhoes por ano, apenas porque A LEI PREVÊ. Há interesse que isso mude? Claro que não.
    Durante anos a fio muitos desses infâmes deputados que ainda estão na ALMT foram cupinchas e bajuladores do riva e nunca se levantaram contra este estado de coisas e roubos na famigerada assembleia ; porém são eleitos , reeleitos e andam por aí exigindo serem chamados de ” Vossas Excelencias” .
    O problema meu caro é o baixo nível de nossos eleitores. Gente que muitas vezes mal assina o nome , não consegue ler duas linhas de um texto ; não sabem distinguir executivo de legislativo , mas ………VOTAM . Veja o caso da deputada filha do riva , quando , no ultimo instante ele não pode mais ser candidato , ela apareceu e foi ELEITA ; como se a cadeira fosse algo hereditário, e porque? Porque seu pai saiu aí nos grotôes alegando perseguição e pedindo votos para a filha . Então , como combater algo assim ? Como combater a incoerencia do eleitor néscio , que elege sempre os mesmos corruptos e quem eles indicam?
    É o nosso sistema politico/partidário /eleitoral que é feito para que o voto consciente nao seja maioria, e isso é dificil mudar meu caro.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

onze − 1 =