Acusado pela juiza Wandinelma dos Santos de comandar, ao lado da esposa, Célia Cury, esquema de venda de sentença no Judiciário, Tadeu Cury é, agora, alvo de pedido do MP para que seja afastado da Câmara do TJ que julga improbidade administrativa

No dia 14 de dezembro de 2010, conforme divulgado pela imprensa, a juiza Wandinelma dos Santos, então atuando na Comarca de Tangará da Serra, esteve no gabinete do desembargador José Silvério, então presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, e apresentou denúncia segundo a qual o desembargador José Tadeu Cury e sua esposa, a advogada Célia Cury, comandavam um esquema de venda de sentença no âmbito do Poder. A mesma magistrada contou que já fizera denuncia semelhante ao desembargador Mariano Travassos, quando este comandava, por sua vez, o TJMT. Tanto o desembargador Silvério quanto o desembargador Mariano desconsideraram as denúncias da magistrada Wandinelma contra o agora desembargador sub judice José Tadeu Cury – reintegrado às suas funções por liminar do STF, depois de ter sido aposentado compulsóriamente, no ínicio de 2010, por decisão unânime do Pleno do Conselho Nacional de Justiça.

As denúncias da juiza Wandinelma dos Santos não repercutiram dentro do Tribunal de Justiça. Mesmo o Ministério Público Estadual descuidou de suas responsabilidades e, até agora, não procedeu às necessárias providencia para  passar a termo as declarações da magistrada e encaminhar os desdobramentos judiciais necessárias que as denúncias da juiza Wandinelma dos Santos estão a reclamar. É importante anotar que, depois que apresentou suas denúncias, a juiza Wandinelma acabou aposentada compulsoriamente pelo Pleno do TJMT, apenas com a abstenção do desembargador Orlando Perri,  com base em relatório do desembargador Rubens de Oliveira que apontava uma série de irregularidades que teriam sido praticas por Wandinelma em sua gestão, na comarca de Tangará.

A suspeição contra José Tadeu Cury, todavia, volta agora a ser levantada pelo Ministério Público Estadual que formalizou suas denuncias perante o Pleno do Tribunal de Justiça. São denúncias diferenciadas daquelas que foram apresentadas pela juiza Wandinelma dos Santos. Agora, o que o MPE questiona é a atuação do desembargador sub judice  José Tadeu Cury como integrante das Câmaras Cíveis Reunidas de Direito Público e Coletivo do TJMT.

Para usar uma linguagem coloquial e fugir ao juridiquês, este blogueiro diria que o desembargador sub judice Tadeu Cury é acusado de fazer pretenso corpo mole na apreciação de diversos casos submetidos à sua relatoria. Entre esses casos, estariam as exceções de suspeição apresentadas pelo deputado estadual Geraldo Riva contra o juiz titular da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Ação Popular, Luiz Alberto Bertolucci.

Ao lançar mão destes recursos, em cada uma das ações por imbrobidade administrativa que o MPE impetrou contra Riva, os advogados do atual e aparentemente eterno presidente da Assembléia Legislativa de Mato Grosso conseguiram brecar o andamento da maioria dessas ações, já que elas não avançam à medida que as exceções de suspeição não são decididas por Tadeu Cury.

Esse é o imbroglio jurídico que os integrantes do Pleno do Tribunal de Justiça, tendo entre eles o acusado José Tadeu Cury, obviamente impedido de votar, estão desafiados a deslindar na sessão plenária desta quinta-feira, 13 de agosto, se a pauta efetivamente avançar de forma a garantir a apreciação do ítem 46 da votação. O relator da matéria é o desembargador da cota do Ministério Público, Guiomar Teodoro Borges. 

Confira abaixo o ítem da pauta de votação desta quinta-feira que trata da matéria, de acordo com o que foi divulgado oficialmente pelo TJMT:

46 – Exceção de Suspeição 76462/2011 – Classe: CNJ – 1231
    Protocolo Número/Ano : 76462 / 2011    (Ministério Público)
    Ramo: PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO\Outros Procedimentos\Incidentes\Exceções\Exceção de Suspeição
    COMARCA CAPITAL
    EXCIPIENTE:    MINISTÉRIO PÚBLICO
    EXCEPTO:    EXMO. SR. DES. JOSÉ TADEU CURY
     *** Impedimentos e Suspeições ***
    DR. RICARDO ALEXANDRE RICCIELLI SOBRINHO –      DES. JOSÉ TADEU CURY –  Fls.:
    ***
    Exceção de Suspeição – Visa o reconhecimento da suspeição do Exmo. Sr. Des. José Tadeu Cury para julgar o
    Recurso de Agravo de Instrumento n. 22489/2011 –
    Relator    :     Exmo(a). Sr(a). DES. GUIOMAR TEODORO BORGES  
    1º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DESA. MARIA HELENA GARGAGLIONE PÓVOAS  
    2º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. CARLOS ALBERTO ALVES DA ROCHA  
    3º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. GÉRSON FERREIRA PAES  
    4º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. LUIZ FERREIRA DA SILVA  
    5º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DESA. CLARICE CLAUDINO DA SILVA  
    6º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. TEOMAR DE OLIVEIRA CORREIA  
    7º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. ALBERTO FERREIRA DE SOUZA  
    8º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DESA. MARIA EROTIDES KNEIP BARANJAK  
    9º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. MARCOS MACHADO  
    10º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. DIRCEU DOS SANTOS  
    11º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. LUIZ CARLOS DA COSTA  
    12º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. JOÃO FERREIRA FILHO  
    13º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. PEDRO SAKAMOTO  
    14º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. JOSÉ JURANDIR DE LIMA  
    15º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. ORLANDO DE ALMEIDA PERRI  
    16º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. MANOEL ORNELLAS DE ALMEIDA  
    17º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. PAULO DA CUNHA  
    18º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. JOSÉ SILVÉRIO GOMES  
    19º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. SEBASTIÃO DE MORAES FILHO  
    20º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. JURACY PERSIANI  
    21º Vogal    :     Exmo(a). Sr(a). DES. RUI RAMOS RIBEIRO  

Sessão Nº:    5795

——–

A MEMÓRIA É QUE FAZ AHISTÓRIA

CLIQUE NOS LINKS ABAIXO E CONFIRA UM POUCO DO QUE JÁ SE DIVULGOU SOBRE TADEU E CELIA CURY E SOBRE A JUIZA WANDINELMA DOS SANTOS

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,stj-desmonta-esquema-de-venda-de-sentencas-em-mt-,553477,0.htm

http://www.conjur.com.br/2010-mai-19/pf-aponta-14-casos-venda-sentencas-mato-grosso

http://www.expressomt.com.br/noticia.asp?cod=144120&codDep=3

http://www.odocumento.com.br/materia.php?id=334825

http://diariodecuiaba.com.br/detalhe.php?cod=370780

http://www.midianews.com.br/?pg=noticias&cat=1&idnot=28817

http://www.midianews.com.br/?pg=noticias&cat=24&idnot=45049

http://www.eficiencianews.com.br/index/paginas_ler/noticias/cat-/id-2416/juiza_acusa_tadeu_e_celia_cury_de_comandarem_esquema_de_venda_de_sentenca.

http://paginadoenock.com.br/home/post/8353

http://paginadoenock.com.br/home/post/8325

http://paginadoenock.com.br/home/post/9076

http://www.rdnews.com.br/home/noticia/page/174/juizes-aposentados-vao-recorrer-por-ilegalidade-em-sessao-do-tj?utm_campaign=PoliticaMT&utm_content=PoliticaMT&utm_medium=twitter&utm_source=twitterfeed&utm_term=PoliticaMT

http://www.comentarium.com.br/frame-blog-post.jsp?blogPostID=2793573

http://www.olhardireto.com.br/noticias/exibir.asp?id=185239

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 187.52.106.34 - Responder

    Tenho certeza que o Des. Guiomar dar-se-á por impedido para atuar nos autos como relator, posto que, é amigo íntimo do Des. Tadeu, slavo engano, compadres. O que acho estranho é que esse impedimento poderia ter sido apresentado ha muito tempo ???

  2. - IP 201.88.215.55 - Responder

    Alguem pode informar o e-mail da Ong Moral, tenho uma informação importantes pra eles…
    abçs.

  3. - IP 209.236.66.108 - Responder

    15 de outubro: a voz e a hora d@s indignad@s do Brasil e do mundo Praças pelo mundo afora despertaram. Milhões de pessoas cansadas de autoritarismo, de democracias voltadas para os ricos, da farra do capital financeiro.Veja onde sera realizado na sua cidade http://www.democraciarealbrasil.org/ Uma das maiores manifestações organizada em todo o Mundo será realizada no dia 15 de outubro. Participe.

  4. - IP 187.5.110.82 - Responder

    Puts ninguem sabe o e-mail da ONG Moral?

  5. - IP 189.59.63.228 - Responder

    Coitadinho do Tadeu… a Célia era super atuante!

  6. - IP 189.31.51.69 - Responder

    Guiomar Teodoro, jamais poderia ser relator de processo administrativo contra qualquer um de seus pares, pois, se o conheço muito bem, é corporativista por intuição. Jamais irá julgar alguém que seja de sua galera, jamais se manifestará contra qualquer corrupto safado e desonesto do TJ/MT e nem de qualquer político safado e corrupto deste Estado, porque não tem peito pra isso. E, não vai deixar sua pele a mercê de lapadas lapadas lapadas .kkkkkkk

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

15 − catorze =