À MULHER DE CESAR NÃO BASTA SER HONESTA: Decisão de tirar Riva da cadeia foi puxado pelo voto do ministro Gilmar Mendes, que foi favorável a Riva, defendido por Rodrigo Mudrovitsch, que curiosamente já foi advogado de Gilmar Mendes em processos e, curiosamente, também dá aulas no Instituto Brasileiro de Direito Público, ligado a Gilmar. Quem chama a atenção para a curiosa proximidade é o insuspeito jornal Folha de S. Paulo

Riva algemado no Fórum de Cuiabá. Imagem da TV Centro América

Riva algemado no Fórum de Cuiabá. Imagem da TV Centro América

FOLHA DE S. PAULO

Advogado teria ligação com ministro
Priscilla Silva, repórter do GAZETA DIGITAL

LEIA A MATÉRIA NA FOLHA DE S.PAULO
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/06/1646928-stf-solta-jose-riva-ex-presidente-da-assembleia-legislativa-do-mt.shtml

A saída do ex-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso José Riva (PSD) teria sido influenciada pela ligação entre o seu advogado Rodrigo Mudrovitsch e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes. A proximidade entre os dois foi destacada pala reportagem do site Folha de S. Paulo, nesta terça-feira (23).

Conforme o site, a decisão de tirar Riva da cadeia foi puxada pelo voto de Gilmar Mendes que beneficiou o réu, defendido por Mudrovitsch, que já foi advogado do ministro em processos e também leciona no Instituto Brasiliense de Direito Público, ligado a Gilmar.

A decisão pela liberdade do ex-parlamentar foi tomada por um julgamento apertado, que resultou em empate. Enquanto Gilmar Mendes e Dias Tofolli votaram pela liberdade do ex-parlamentar, o relator do agravo Teori Zavazcki e a ministra Carmem Lúcia opinaram pela manutenção da prisão. A solução veio com o regimento interno, que institui o princípio jurídico da presunção da inocência, o indúbio pro réu, no qual, em caso de dúvidas será favorecido o réu.

O portal ainda destaca que o ministro Gilmar Mendes proferiu seu voto pela liberação do ex-presidente da Assembleia argumentando que Riva estava preso há muito tempo – quatro meses – e que como tinha deixado o cargo e os atos cometidos ocorreram há bastante tempo, não havia motivo para mantê-lo recluso.
Os argumentos são os mesmos apresentados pela defesa de Riva, o advogado Rodrigo Mudrovitsch, que já atuou como advogado de Gilmar.

Além de ter atuado como advogado do ministro, Mudrovitsch é professor do Instituto de Direito Público (IDP), do qual Gilmar é sócio. Contudo, para o gabinete do magistrado não há conflito de interesse no caso, argumentando que não se pode confundir a parte com o advogado e que o Código de Processo Civil veda casos em que haja proximidade da parte com o magistrado e não relações entre o advogado e o ministro. (Com informações do site Folha de S. Paulo)

Ministro Teori Zavascki negara habeas corpus para Riva em 28 de maio de 2015 by Enock Cavalcanti

12 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - Responder

    Do toffoli (que o soltou pela segunda vez!) não se fala nada né?

  2. - Responder

    Politiqueiros corruptos são bandidos, marginais, delinquentes, e ponto final. Não se deve dar tratamento diferenciado aos bandidos, de acordo com a sua classe social. Há um ditado popular no Brasil que diz: JUSTIÇA NO BRASIL É COMO SERPENTE, SÓ PICA OS DESCALÇOS…” . Mais isso já está mudando e vai mudar muito mais ainda! quem viver verá!

  3. - Responder

    Ceará sabe ler e escrever, dá seus pitacos na área jurídica embora não conheça a Ciência do Direito, conhece, enfim, um pouco mais que a maioria,, os princípios que orientam o Direito Penal e Direito Processual Penal. Então não pode se comportar como se fosse um analfabeto político. Sem entrar no mérito se Riva furtou ou não, se é bandido ou não, Ceará tem que admitir que ninguém pode permanecer preso cumprindo sentença que ainda não foi prolatada. No caso de Riva, a prisão somente vai ocorrer após o trânsito em julgado da sentença penal condenatória. E Ceará, letrado, comporta-se como analfabeto em relação às normas penais. Pôô… Ceará, tenha dó… não do Riva mas de nossa inteligência, incluída a sua…

    • - Responder

      Ubirajara, vai procurar uma rôla! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • - Responder

      Defensor intransigente dos corruptos,este boiola não se cansa de ser ridiculo e redicularizado.Ubirajara Itagi são nomes de duas cidades ,de São Paulo e da Bahia simultâneamente portanto, é um nome fictício,entretanto o esquisitâo do Ademar Adams,se dirije a ele como se verdadeiro fosse,este idiota do U I;brevemente terá uma surpresinha sobre sua identidade ,só para desmascara-lo!

  4. - Responder

    Eu gostei de ver o Riva de camiseta vermelha, parece que saiu pronto para se filiar ao PT.

    O PT não pode desperdiçar um quadro como o Riva.

    Riva não pode ficar fora do PT.

    Comemorem, companheiros!!

  5. - Responder

    Que o Riva seja um corrupto, compulsório , verticalizado, horizontalizado, generalizado e sem cura eu já sabia. Agora, entender a doença do puxa-saquismo de alguns dos seus ba.te-paus, aí, dá licença, pois-é-de-mais para a minha cabeça! Os mesmos canalhas que pregam a “Pena de Morte” para os ladrões de galinhas, os “bandidinhos miseráveis”, são os mesmos que advogam o perdão, a compreensão e a impunidade dos grandes ladrões do dinheiro público e das mais altas esferas entranhados na maquina do Estado. Ubirajara Itagi, vá procurar aquilo que o pastor picareta Silas Malafaia está procurando!

    • - Responder

      Caro Ceará, com certeza você é maior que qualquer crítica. Poucos têm a coragem de por a cara para combater o câncer que é a corrupção em nosso pobre país. E você o faz com muita garra e prol da maioria desprivilegiada. Parabéns, nunca, jamais, se deixe abater por abutres enrustidos, que pensam ser intelectuais e não passam de recalcados, como é o caso desse Ubirajara, que nem sequer têm a hombridade e a coragem de colocar o próprio nome.

  6. - Responder

    Queria ser abençoado com a inocência de alguns em crer que o problema do nosso Estado se limita a Riva e Éder Moraes!

  7. - Responder

    Como será que esse um ai acima que defende tanto o (argh!) riva sobreviveu esse tempo todo que ele esteve comendo marmitex?

  8. - Responder

    O problema do nosso Estado não se limita a Riva e Éder. Mas eles são juntos um Grande Problema. Devem pagar por isso. Não são os únicos. Mas o caráter punitivo e pedagógico contra a corrupção deve prevalecer. Assim os outros culpados também deverão ser punidos. É só comeco. Quem viver verá.

  9. - Responder

    Boa Ceará.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

5 + treze =